16 novembro 2014

[Las Vegas 2012] Considerações Finais

Antes de tecer algumas considerações finais sobre a viagem, vou relatar rapidamente o dia da viagem de volta.

RELATO DO DIA (Sexta – 18/05/2012)

Comentei em uma postagem anterior que resolvemos devolver o carro alugado em Las Vegas e voltar de avião para Los Angeles. Como nosso voo da Southwest saía de Las Vegas às 2:35PM, resolvemos ficar no hotel pela parte da manhã para dormir até mais tarde e arrumar as malas. Então, deixamos o hotel Paris no horário previsto para check-out, às 11AM, e seguimos para o aeroporto.

Confesso que achei o voo terrível, principalmente no momento da decolagem. Por conta dos fortes ventos em Las Vegas, o avião chacoalhou horrores na subida até estabilizar. Ainda bem que era um voo rápido de mais ou mesmo uma hora de duração.

A parte chata foi que chegamos a Los Angeles muito cedo, por volta das 4PM, e nosso voo para Manaus só saía à 01:58 da madrugada do dia 19/05/12. Haja espera!


A seguir, comentarei sobre o clima, o hotel, a cidade, dentre outros assuntos gerais da viagem. Como mencionei ao final da postagem de Planejamento Financeiro, infelizmente não salvei a planilha com os gastos efetivos durante esta viagem. Por isso, não será possível traçar um comparativo entre os gastos estimados e os efetivos, como de costume.

1. Clima

No hemisfério norte, a primavera vai de 20 de março a 21 de junho. Assim, nossa viagem, que foi em meados de maio, ocorreu em plena primavera. Para mim, esta é a melhor estação para se viajar, pois os dias, em geral, são agradáveis, ensolarados e com temperaturas amenas. Porém, devemos lembrar que Las Vegas está em meio ao deserto, então esta característica geográfica influencia bastante no clima da cidade, fazendo com que as temperaturas sejam mais altas do que esperado na primavera.

Além do mais, o ar estava tão seco que às vezes doía até de respirar. Meu nariz sangrava todos os dias e minha pele ficou extremamente ressecada, nem hidratante para peles secas dava jeito! O fato de o fumo ser permitido em todas as áreas comuns dos hotéis, principalmente nos cassinos, também não ajudava muito, piorando o ardor no nariz durante a respiração. 

Durante a viagem, não sabíamos exatamente a temperatura que estava fazendo. Porém, pesquisando no Google, descobri que a temperatura variava entre 20 a 30°C. Durante o dia fazia muito sol e calor (tive que comprar um chapéu), e à noite a temperatura ficava bem mais agradável, porém sem fazer frio. Frio mesmo só dentro dos hotéis!

2. Aluguel de Carro

Na postagem de Planejamento Inicial, informei que o valor da reserva para todo o período da viagem (6 dias inteiros) seria de US$ 286.44, valor este que deixamos ser debitado no cartão de crédito, por comodidade nossa.

- Local: California/Nevada
  Período: Maio/2012
  Locadora: Alamo
  Categoria: Intermediário (carro disponível: Toyota Corolla)
  Valor médio da diária: USD 47.74 (com taxas e com GPS)

Importante ressaltar que, enquanto estávamos em Las Vegas, usamos o carro muito pouco, apenas para ir a lugares mais distantes, como os dois outlets, o hotel Wynn no dia do show Le Reve e o aeroporto. O carro passou a maior parte do tempo estacionado no edifício garagem do hotel Paris, que fica muito bem localizado na parte central da Las Vegas Strip. Lembrando que os hotéis não cobram um tostão pelo estacionamento, com exceção do estacionamento com manobrista (valet).

3. Hotel

Veja minha avaliação completa sobre o Paris Hotel de Las Vegas no TripAdvisor.

4. Duração da Viagem

Inicialmente teríamos quase 6 dias inteiros de viagem. Porém, o último dia ficou prejudicado por conta da mudança que fizemos na volta para Los Angeles, ao invés de voltar de carro, voltamos de avião, em um voo bem cedo.

Por conta desta alteração, e da noite do dia 16/05 que perdemos para resolver esta mudança, não conseguimos visitar algumas atrações, como, por exemplo, o centro de Las Vegas com sua famosa Fremont Street e seus cassinos.

Porém, mesmo que não tivéssemos perdido esse precioso tempo, com certeza esta viagem merecia um ou dois dias a mais no roteiro. Tão logo chegamos a Las Vegas, constatei a magnitude do local, com seus imensos hotéis, temáticos ou não, e suas incontáveis opções de entretenimento. 

5. Cidade de Las Vegas

Ahhhh Las Vegas! Definitivamente esta cidade me conquistou. Aqui tudo acontece e tudo se vê. Uma cidade de puro entretenimento, para todos os gostos. Cassinos, hotéis suntuosos, lojas de grifes, restaurantes renomados, shows de grandes artistas, vida noturna agitada... uma verdadeira ostentação para todos os lados!

Sinceramente, não acho que seja uma viagem para crianças, mesmo havendo opções de entretenimento para os pequenos. Também não acho que seja uma viagem apropriada para os mais recatados, puritanos ou preconceituosos. Las Vegas tem a mente aberta e o espírito livre, e são essas características que a tornam tão fabulosa e atraente aos viajantes.

Com tudo isso dito, lembre-se...

"What happens in Vegas, stays in Vegas!"
(O que acontece em Vegas, fica em Vegas!)



Até a próxima!

2 comentários:

  1. Então essa viagem é para pessoas pra frentex como você, né?? kkk brincadeira.. parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Posso não ser tão pra frente e descolada, mas pelo menos não costumo ser preconceituosa! Vemos cada coisa em Las Vegas, principalmente relacionada à prostituição. Sabe aqueles "santinhos" que os políticos gostam de distribuir pela rua? Pois é... digamos que em Las Vegas os "santinhos" distribuídos não são de políticos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...