01 fevereiro 2015

[Disney Cruise 2014] Desembarque e Considerações Finais

RELATO DO DIA (Sexta – 12/12/2014):

Acordamos bem cedo para nos preparar para o desembarque, lembrando que ontem à noite deixamos nossa única mala fora da cabine para o recolhimento e transporte até o terminal de desembarque em Port Canaveral (veja a postagem do dia anterior).

Ontem também recebemos um formulário com todas as instruções para o desembarque.

Instruções de desembarque do navio.



Um pouco depois das 7:00AM, deixamos a cabine com todos os nossos pertences e, antes do café da manhã, fomos retirar o CD que compramos no dia anterior com 10 fotos profissionais que tiramos ao longo do cruzeiro.

CD contendo 10 fotos profissionais que tiramos durante o cruzeiro.



Como estava cedo para o café da manhã, que seria às 8:00AM, resolvemos visitar a Vista Gallery, no deck 4, em frente de onde retiramos o CD com as fotos. Nesta galeria, estão vários quadros à venda, todos relacionados com os personagens da Disney.

Quadros em exposição, e à venda, no Vista Gallery.

Quadros em exposição, e à venda, no Vista Gallery.

Quadros em exposição, e à venda, no Vista Gallery.

Quadros em exposição, e à venda, no Vista Gallery.


Conforme instruções, às 8:00AM seguimos para o restaurante Animator's Palate (o mesmo do jantar na noite anterior) para o nosso café da manhã, que desta vez seria a "la carte".

Após o café, nos despedimos do nosso garçom Roger e de sua assistente Coryse, e nos encaminhamos para o saída do navio, pois tínhamos que desembarcar até 9:15AM.

No terminal de desembarque, pegamos nossa mala que estava na área do Pateta, conforme etiqueta que recebemos ontem, e seguimos para a imigração e alfândega. Foi tudo bem rápido. Às 9:15AM já estávamos na saída do terminal para pegar nosso transporte até o hotel da Disney, onde começaremos a segunda etapa da nossa viagem. Mas isto é assunto para uma outra série de postagens!

Local para retirada das malas no terminal de desembarque em Port Canaveral.

Deixando Port Canaveral e nos despedindo do Disney Dream.

Lindo e imponente navio Disney Dream.

Deixando Port Canaveral e nos despedindo do Disney Dream.


CONSIDERAÇÕES FINAIS

1. Meu Primeiro Cruzeiro - Experiência Geral

Como comentei na postagem de Planejamento Geral, nunca havia feito um cruzeiro. Minhas poucas experiências em barcos demonstraram minha tendência a enjoar e passar mal com o balanço ocasionado pelas ondas. Por isso, costumo evitar este tipo de viagem/passeio. Porém, desta vez, resolvi arriscar e fazer meu primeiro cruzeiro. Isto se aplica ao marido, que também enjoa fácil e nunca havia feito um cruzeiro antes.

Assim, resolvemos escolher um cruzeiro de poucos dias para a nossa primeira experiência. Optei pela Disney Cruise Line, muito pelos relatos no blog Andreza Dica e Indica Disney, e também por ser uma apaixonada pela Disney e confiar tanto em seu alto padrão.

Chegamos a pesquisar os cruzeiros disponíveis da Royal Caribbean, porém nada se encaixava no nosso objetivo.

Enfim, optamos pelo cruzeiro de 4 noites pelas Bahamas, no período de 08/12/14 a 12/12/14, saindo de Port Canaveral, na Florida, no navio Disney Dream.

Em linhas gerais, só tenho coisas positivas para falar. O navio é simplesmente lindo, luxuoso e organizado. A cabine é de um conforto inesperado, a cama e os travesseiros macios, os itens de higiene de primeira qualidade, nem em casa tenho uma toalha tão felpuda e macia! O shampoo é uma delícia de tão cheiroso! A comida, principalmente nos restaurantes noturnos, é deliciosa. São tantas as opções de entretenimento que não tivemos a oportunidade de experimentar tudo. Os serviços prestados são impecáveis. O que mais nos impressionou foi manter, por toda viagem, o mesmo camareiro, garçom e assistente de garçom para nos servir. Pessoas com quem criamos vínculos, pessoas que a cada dia nos conheciam mais, sabiam dos nossos gostos, nos tratavam com carinho e atenção. Pessoas que nos mimavam! Como não se encantar com tal tratamento? Algumas pessoas poderão dizer: "São pagos para fazer isso e querem garantir uma boa gorjeta.". Por que pensar assim de forma tão negativa? É claro que se formos fazer uma busca pela internet, e eu fiz, encontraremos pessoas que não tiveram a mesma experiência gratificante que nós, com coisas ruins a relatar, mas tenho certeza que estes casos são exceções.

O único ponto negativo em nossa experiência, foi o balanço exagerado que começou logo na saída de Port Canaveral e perdurou por algumas horas, o que ocasionou enjoos terríveis em mim e no marido, boicotando nossa primeira noite no navio (veja a postagem sobre o nosso primeiro dia no Disney Dream).

Portanto, por toda a experiência positiva e singular que tivemos, recomendo muito um cruzeiro com a Disney Cruise Line. E posso dizer que deixamos o navio com saudade e gostinho de quero mais!

2. Custo-Benefício

O valor que pagamos no cruzeiro foi de US$ 1,507.16 (sem contar com o transporte no valor de US$ 140.00). Se dividirmos este valor por 4 noites, temos o valor da diária, para o casal, de US$ 376.79. Em uma primeira análise, pode até parecer um alto custo. Porém, temos que levar em consideração que todas as refeições estão incluídas, sendo que os restaurantes noturnos possuem pratos mais requintados, há shows todas as noites, no estilo dos musicais da Broadway, há cinema disponível, entre várias outras opções de entretenimento. Logo, achamos o custo-benefício ótimo!

3. Perfil do Cruzeiro Disney

Acredito que muitas pessoas devam achar que um cruzeiro da Disney deve ser voltado apenas para famílias com crianças. Bem, meu marido e eu não temos filhos, e não levamos nenhuma criança conosco! Minha opinião é de que este cruzeiro é para todos os tipos de famílias, com ou sem filhos. Sinceramente, se não fossem pela decoração em algumas partes e pelos personagens da Disney aparecendo vez ou outra para fotos e apresentações, nem lembraria que este cruzeiro é da Disney! Há vários ambientes específicos para maiores de 18 anos, assim como há ambientes específicos para crianças, e outros para toda a família. Acredito que diversos cruzeiros sejam organizados da mesma forma, caso contrário, uma família com crianças nunca faria outro cruzeiro se não o da Disney!

Agora, se você é um solteirão que quer balada o dia inteiro, regada à muita bebida e paqueras, talvez este cruzeiro não seja para você!

Ou, se você quer um navio que sirva apenas como meio de transporte para visitar diferentes ilhas ou cidades nas Bahamas, talvez este cruzeiro tenha opções demais de entretenimento que irão fazer com que você não queira sair do navio!

4. Nassau, Capital das Bahamas

Minha perspectiva de Nassau é bem limitada, uma vez que fizemos apenas um walking tour rápido pela parte da manhã (veja a postagem sobre a nossa visita a Nassau). A área portuária é uma verdadeira muvuca, um tanto suja e com várias pessoas tentando oferecer todo tipo de passeio, que chega a sufocar!

Como havia lido sobre a falta de segurança, principalmente nos lugares mais afastados, achei melhor passear apenas pelas ruas mais movimentadas do centro. A cidade tem seu charme, com alguns prédios de arquitetura colonial, bem interessante.

Não gostei muito da praia pública de Junkanoo Beach e por isso nem arriscamos um mergulho. Talvez o ponto forte de Nassau seja a visita ao resort Atlantis, com suas diversas (e caras) atrações!

O fato é que não faria um novo cruzeiro com parada em Nassau.

5. Pernoite no Hotel Hyatt em Orlando

Chegamos em Orlando no dia 07/12/14, sendo que o cruzeiro sairia no dia seguinte. Seguindo as dicas do blog Andreza Dica e Indica, pernoitamos no hotel Hyatt Regency Orlando International Airport, dentro do aeroporto de Orlando, como o nome sugere (veja minha avaliação sobre o hotel Hyatt no TripAdvisor).

Este hotel oferece o transporte das malas do quarto até o terminal de onde sai o ônibus da Disney para Port Canaveral, lembrando que este traslado é pago (aeroporto para Port Canaveral no ônibus da Disney). Confesso que, para nós, este serviço não foi assim tão diferencial, pois só tínhamos uma mala para transportar, além da mala de mão. Porém, se você viajar com muitas malas, talvez este serviço seja mais útil. Enfim, valeu pelo conforto e comodidade. Não acho que seja essencial se hospedar neste hotel para quem for fazer o cruzeiro da Disney.

Existe a possibilidade de se hospedar em um hotel mais barato e alugar um carro para o aeroporto de Orlando, onde se pode devolver o carro à locadora. Ou, seguir diretamente para Port Canaveral, porém, pelo que li, não há locadoras de automóvel por perto. Neste caso, ha necessidade de um planejamento melhor.

Enfim, acho realmente importante chegar a Orlando no dia anterior ao da saída do cruzeiro, para evitar contratempos.

6. Aluguel de Carro

Como chegamos em Miami, alugamos um carro para seguir até Orlando. Na postagem de Planejamento Geral, informei que o valor da reserva, na locadora Alamo, com GPS incluído, seria de US$ 67.25, valor este que deixamos ser cobrado no cartão de crédito, por comodidade nossa.

O carro que escolhemos, na categoria midsize (intermediário), foi um Toyota Corolla.


Nosso carro alugado: Toyota Corolla.


Como tivemos que entregar o carro em Orlando com o tanque cheio, tivemos que passar no posto para abastecer. Colocamos US$ 20.00, sendo que o preço do galão era de US$ 2.65.

Curiosidade: Um galão corresponde a quase quatro litros, mais especificamente 3,7854.

7. Gastos Estimados X Gastos Efetivos

Conforme apresentei na postagem de Planejamento Geral, o total estimado para os gastos anteriores ao início do cruzeiro foi de US$ 205.00. Lembrando que são gastos referentes a mim e meu marido, e não incluem compras.

Somando os gastos efetivos, temos um total de US$ 118.32. Uma economia de US$ 86.68. Adoro economizar dólares! Por isso que gosto de jogar a estimativa sempre um pouco mais para cima, porque é muito melhor sobrar um dinheirinho do que faltar!

8. Gastos durante o Cruzeiro

Nossa conta final, com os gastos que fizemos durante o cruzeiro, totalizou em US$ 326.93, valor este cobrado no nosso cartão de crédito, que cadastramos no momento do check-in.

Em resumo, eis o descritivo dos gastos (valores em dólares):

- Consumo de bebida alcoólica e pipoca: 18.58
- Compras: 40.90
- Internet: 21.50
- Shutters (CD com fotos): 149.95
- Gorjetas: 96.00 (2 pessoas x 48.00)


Bem, estas foram as considerações finais e o último post da série Disney Cruise 2014. Porém, esta viagem não acabou por aqui! Como mencionei durante o relato do dia, no início deste post, de Port Canaveral seguimos para um hotel dentro do complexo da Disney, onde iniciaremos a segunda parte desta viagem com uma nova série de posts denominada Florida 2014. Então, continuem acompanhando, pois ainda vem muita coisa por aí!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...