11 abril 2015

[Florida 2014] 10º dia: Chegada a Key West

ROTEIRO ORIGINAL (Domingo – 21/12/2014):

Check-out no hotel Holiday Inn Express Miami International Airport
Percurso Miami - Key West
Check-in no hotel The Inn at Key West
Passeio e pôr do sol na Mallory Square
Jantar no Hard Rock Cafe (Duval Street)

RELATO DO DIA:

Tomamos café da manhã no próprio hotel, pois estava incluído na diária. Depois, em torno das 10:30AM, fizemos o check-out e pegamos a estrada rumo a Key West, a ilha mais ao sul da Florida e que compõe o conjunto de ilhas denominado Florida Keys (sendo as principais: Key Largo, Islamorada, Marathon, Big Pine Key e Key West).

Mapa de Florida Keys.


O percurso de Miami Springs a Key West fica em torno de 160 milhas (aproximadamente 257km, cerca de 3 horas sem trânsito) e é feito principalmente pela rodovia US 1, sentido sul (south).

Deixando Miami Springs, onde fica o aeroporto de Miami.

Rumo a Key West (US 1 South).


A rodovia US 1, quando passa por Florida Keys também recebe o nome de Overseas Highway. Nesta parte, o fluxo fica bem mais lento, pois na maioria do trajeto só há uma faixa em cada sentido, então fica difícil fazer ultrapassagens.

Às 11:45AM, enquanto passávamos por Key Largo, resolvemos parar em um posto para abastecer o carro, onde o preço do galão estava 2.44 dólares.

Overseas Highway, nome que recebe a US 1 quando passa por Florida Keys.

Passando por Key Largo, ilha mais ao norte de Florida Keys.


Conforme mencionei no post de Planejamento do Roteiro, durante minhas pesquisas pela internet, encontrei uma sugestão de lanchonete para fazer uma parada, o Midway Cafe, que fica exatamente no meio entre Miami e Key West, na ilha de Islamorada, e com ótima avaliação no TripAdvisor. Às 12:30PM, chegamos ao local, exatamente duas horas depois que deixamos Miami Springs.

Passando por Islamorada, mais uma ilha de Florida Keys.

Parada no Midway Cafe, que fica exatamente no meio entre Miami e Key West.

Entrada do Midway Cafe.


Assim que entramos no Midway Cafe, fiquei apaixonada pelo local. Apesar de pequeno, o ambiente é colorido, alegre, descontraído e agradável. Simplesmente uma graça! Acredito que deva ser um negócio de família, pois aparentemente, as duas atendentes eram irmãs.

O cardápio é bem variado, com opções para café da manhã, almoço e lanches. E com algo que adoramos: smoothies (vitaminas de frutas) feitos na hora com a combinação de frutas que quisermos. Escolhemos de banana e morango, que não tem erro! Para comer, pedimos croissant de queijo e espinafre e sanduíche de peito de peru. De sobremesa, pedimos a famosa Key Lime Pie, que é uma torta de limão.

Para ler minha avaliação deste local, clique aqui.

Dentro do Midway Cafe.



A vida é melhor na praia...

Nosso smoothie de morango com banana.

Sanduíche de peito de peru, croissant de queijo e espinafre, torta de limão (Key Lime Pie).


À 1:20PM, voltamos para a estrada. Passamos por Marathon, onde começa a Seven Mile Bridge, uma ponte sobre o oceano Atlântico com exatamente 6,79 milhas (ou aproximadamente 10,93km) que liga Knight's Key (parte sul de Marathon) com Little Duck Key (perto de Big Pine Key).

Um pouquinho de história...

A Seven Mile Bridge na verdade consiste em duas pontes no mesmo local. A mais antiga foi construída de 1909 a 1912 como parte da Overseas Railroad, uma linha de trem sobre o oceano. Após sofrer danos consideráveis durante o furacão "Labor Day" de 1935, a ponte foi reformada para o uso somente de automóveis. Porém, com o furacão "Donna" de 1960, a ponte sofreu mais danos, sendo tomada a decisão de se construir uma nova ponte.

A ponte atual, pela qual passamos para chegar a Key West, foi construída de 1978 a 1982, paralelamente à antiga, sendo esta desabilitada. Grande parte da antiga ponte ainda existe. Porém, vem sendo deteriorada lentamente pela água salgada e pelas chuvas. Apenas uma seção de 2,2 milhas da antiga ponte ainda está aberta para pedestres e ciclistas, incluindo o trecho que dá acesso à pequena ilha de Pigeon Key.

(fonte: site Amusing Planet)

Passando por Marathon.

Passando pela Seven Mile Bridge.

Paralelamente à ponte atual, ainda está a antiga Seven Mile Bridge.

Pequena ilha de Pigeon Key com acesso pela antiga ponte.


Chegamos a Key West às 3:00PM. Assim, levamos ao todo, incluindo as paradas para abastecimento e refeição, 4 horas e meia de viagem. Ufa!

Ficaremos hospedados no The Inn at Key West pelos próximos dois dias. Lembrando que o hotel disponibiliza estacionamento gratuito mas não há café da manhã incluído na diária.

O hotel nos agradou bastante, e o quarto em que ficamos era amplo e confortável. Como o hotel possui apenas dois pisos, não há elevador, só escada. Ainda bem que ficamos em um quarto no térreo!

Chegando ao hotel The Inn at Key West.

Fachada do hotel.

Recepção.

Área de lazer.

Chegando ao nosso quarto.

Quarto em que ficamos hospedados. Amplo e confortável.

Banheiro do nosso quarto.


Como nossa estadia é curtíssima em Key West, não temos tempo a perder! Só fizemos tomar banho e nos arrumar, pois às 4:00PM já saímos para visitar o centro da cidade e ver o pôr do sol na Mallory Square, famoso programa turístico da cidade, e que nesta época do ano acontece a partir das 5:30PM.

Do hotel até o centro de Key West, levamos uns 20 minutos de carro. Um pouco demorado pois as ruas no centro são estreitas, com vários semáforos e paradas para pedestres. Estacionamos no edifício garagem do hotel Westin Resort & Marina, localizado na 245 Front Street, bem pertinho do pier onde os navios e outros barcos ficam ancorados, ao lado da Mallory Square.

Entrada para o edifício garagem do hotel Westin Resort & Marina, onde estacionamos o carro.

Pier onde os navios de cruzeiros ficam ancorados.


Como não sabíamos que poderíamos chegar a Mallory Square pelo pier atrás do estacionamento, acabamos pegando a Front Street, o que foi bom pois passamos pelo belo prédio histórico Custom House, antigo local da alfândega e serviço postal de Key West, e que desde 1991 virou museu. Ao redor do prédio, há várias esculturas de pessoas.

Custom House, antigo local da alfândega e serviço postal de Key West. Hoje um museu.

Esculturas de pessoas espalhadas ao redor da Custom House.

Fachada principal da Custom House.


Finalmente encontramos a Mallory Square. Nos deparamos com uma praça de poucos atrativos, sinceramente. Na verdade, é um local bem amplo onde vários artistas de rua aproveitam a quantidade de turistas para fazer suas apresentações e ganhar uns trocados. Há de tudo! Demos uma voltinha, comemos uma pipoca e, como já havia muita gente chegando para o pôr do sol, resolvemos garantir logo um local para sentar e ter uma boa vista. Pena que o fim de tarde estava nublado, o que pode comprometer um pouco o pôr do sol.

Chegando a Mallory Square.

Por todos os lados há artistas fazendo algum tipo de apresentação.

Aguardando o pôr do sol.

Sol se pondo ainda tímido por detrás de tantas nuvens.






Apesar das nuvens atrapalhando, conseguimos ver um belo pôr do sol, com cores lindas. Ao final, todos batem palmas. Muito bacana! Ainda ficamos pela Mallory Square um tempinho, aproveitando o fim do dia.

Bastante gente na Mallory Square apreciando o fim do dia.

Navio deixando o pier para seguir viagem.

Monumento "The Wreckers" (Os Náufragos).


Deixamos a Mallory Square às 6:10PM e seguimos para a Duval Street, rua bem badalada de Key West, cheia de bares e restaurantes, inclusive o Hard Rock Cafe (HRC), onde pretendemos jantar.

Prédio na esquina da Duval Street e Front Street.

Passeando pela Duval Street.


Fachada do Hard Rock Cafe.



Como chegamos cedo ao HRC, foi fácil conseguir uma mesa. Interessante que este HRC tem um estilo bem tropical, bem praiano, condizente com a cidade de Key West. Escolhemos uma mesa na área externa para apreciar a movimentação pela Duval Street.

De entrada, escolhemos Potato Skins e, de prato principal, pedimos New York Strip Steak (esqueci de tirar foto, mas pedimos o mesmo em Los Angeles). Sempre ótimas opções!

Para ver minha avaliação sobre este restaurante, clique aqui.

Uma bebida com vodka para descontrair!

De entrada, Potato Skins.


Voltamos cedo para o hotel, pois estávamos bem cansados da viagem. Porém, antes de chegar, paramos em um supermercado Publix, para comprar suprimentos, principalmente para o café da manhã, visto que não está incluído na diária do hotel.

Abaixo, o mapa com os lugares por onde passamos neste primeiro dia em Key West.



Amanhã tem mais Key West. Até o próximo post!

ESTIMATIVA DE GASTOS (em dólares americanos - USD):

almoço simples: 30.00
estacionamento (centro de Key West): 32.00
jantar (Hard Rock Café): 60.00
lanches: 30.00
suprimentos: 50.00
TOTAL ESTIMADO: 202.00

GASTOS EFETIVOS:

almoço simples (Midway Cafe): 26.63
estacionamento (centro de Key West): 16.00
jantar (Hard Rock Café): 70.00
lanches: 5.00
suprimentos: 35.24
TOTAL EFETIVO: 152.87 (economia de 49.13)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...