02 maio 2015

[Florida 2014] Considerações Finais

Antes de tecer as considerações finais sobre a viagem, vou relatar rapidamente o dia da viagem de volta.

RELATO DO DIA (Sexta – 26/12/2014)

Nosso voo sai de Miami às 5:20PM. Sendo assim, aproveitamos para acordar mais tarde, tomar café da manhã no próprio hotel, pois estava incluído na diária, e quando foi às 11:00AM fizemos o check-out.

Como não tínhamos nenhuma programação para essas últimas horas, resolvemos seguir para o Aventura Mall, um shopping chique na cidade de Aventura. Achamos que foi uma decisão acertada, pois este shopping fica no meio do caminho de Fort Lauderdale ao aeroporto de Miami.

Quando chegamos ao shopping, fomos encontrar vaga no último andar do edifício garagem. Parece que todos tiveram a mesma ideia! Assim que entramos, fomos direto para o restaurante The Cheesecake Factory. Lotado! Porém, fomos persistentes e resolvemos esperar por uma mesa mesmo assim! Até que não demorou tanto, acho que uns 30 minutos.

Apesar da lotação, nosso atendimento foi super rápido e atencioso. De prato principal, dividimos um Fettuccini Alfredo com pedaços de frango. Bem gostoso, mas nosso favorito continua sendo o Chicken Madeira!

Fettuccini Alfredo, do Cheesecake Factory.


Depois do almoço, ficamos passeando pelo shopping, que simplesmente estava super hiper mega lotado. Aparentemente, o dia depois do Natal significa lojas em promoção! Havia vários brasileiros enlouquecidos nas compras!

Decoração de Natal do Aventura Mall.


Perto de 2:00PM, resolvemos deixar o shopping e seguir para o aeroporto. Quando chegamos ao estacionamento, vimos o drama! Simplesmente tudo parado, engarrafado, uma dificuldade para sair do shopping, isso por conta das dezenas de carros que tentavam entrar e conseguir uma vaga. Com o tempo passando e nós ali presos no engarrafamento, começamos a ficar preocupados! Depois de enfrentar uma hora só no engarramento dentro do edifício garagem, conseguimos finalmente pegar a rodovia em direção ao aeroporto. Ufa!

Chegamos ao aeroporto ainda com duas horas de antecedência, devolvemos o carro alugado na Alamo, e embarcamos de volta para casa!

ESTIMATIVA DE GASTOS (em dólares americanos - USD):

almoço simples (aeroporto de Miami): 30.00
TOTAL ESTIMADO: 30.00

GASTOS EFETIVOS:

almoço (The Cheesecake Factory): 34.00
lanche (aeroporto de Miami): 5.27
TOTAL EFETIVO: 39.27 (um gasto a mais de 9.27)


Agora sim! Vamos às considerações finais! Comentarei sobre os hotéis, as cidades visitadas, o clima, dentre outros assuntos gerais da viagem. 

Então vou começar analisando justamente minha estimativa de gastos e o que efetivamente gastamos.

1. Gastos Estimados X Gastos Efetivos

Conforme apresentei no post de Planejamento Financeiro, o total estimado para os gastos diários, exceto compras, foi de US$ 2,163.80.

Durante os relatos de viagem, não coloquei o valor gasto com gasolina. Porém, gastamos no total US$ 37.00, sendo que o valor estimado foi US$ 98.00, pois levamos em consideração, no momento do planejamento da viagem, que entregaríamos o carro com o tanque cheio.

Agora, somando-se os gastos efetivos, temos um total de US$ 1,537.82. Uma economia de US$ 564.98. Uau! Por isso que gosto de jogar a estimativa sempre um pouco mais para cima, porque é muito melhor sobrar um dinheirinho do que faltar! E toda a economia que fazemos nos gastos diários, podemos reverter para as nossas compras pessoais!

2. Clima

No hemisfério norte, o outono vai de 23 de setembro a 22 de dezembro. Assim, nossa viagem em dezembro ocorreu no fim do outono e início do inverno, que é a estação seguinte.

Como a Florida é um dos estados dos EUA mais próximos à linha do Equador, o outono nesta região não costuma ser tão frio quanto o outono em Nova York, por exemplo. Por conta disso, acabamos não levando roupas pesadas de frio. Levamos também muitas roupas leves principalmente para usar em Key West, onde costuma fazer calor sempre. Nesta época, o sol estava se pondo por volta das 5:40PM.

Contudo, no início da nossa estadia em Orlando, pegamos uns 4 dias de muito frio, que começavam por volta dos 7°C, depois durante o dia alcançava uns 17°C e à noite caía de novo para uns 9°C. Acabei tendo que comprar gorro, cachecóis e um par de luvas logo no primeiro dia que chegamos a Orlando. E a minha bota de cano alto que ficou em casa fez muita falta! Depois desses primeiros dias de bastante frio, o clima ficou bem ameno e agradável.

Em contrapartida, os dias foram mais quentes e ensolarados em Key West. Já em Fort Lauderdale, apesar da temperatura agradável, o que predominou foi o tempo nublado e chuviscos chatos.

Durante a viagem, não sabíamos exatamente a temperatura que estava fazendo todos os dias. Porém, pesquisando no site AccuWeather, consegui as seguintes temperaturas médias para cada cidade no período visitado:

Orlando: 21°C
Key West: 27°C
Fort Lauderdale: 26°C

3. Aluguel de Carro na Florida

No post de Planejamento Inicial, informei que alugaríamos um carro para o período de 17/12/14 a 26/12/14 (antes disso utilizamos o sistema de transporte interno da Disney), totalizando a reserva em US$ 777.60, valor este que deixamos ser debitado no cartão de crédito, por comodidade nossa.

- Local: Florida
  Período: Dezembro/2014
  Locadora: Alamo
  Categoria: Intermediário (carro disponível: Chrysler 200)
  Valor médio da diária: USD 77.76 (com taxas e com GPS)

Nosso carro alugado. Um modelo lindo da Chrysler!

Todo moderno por dentro.



Além disso, também alugamos um carro no fim do dia 12/12/14 para irmos ao show do Usher, com entrega na manhã do dia seguinte. Esta reserva totalizou em US$ 62.75, e também deixamos ser debitado no cartão de crédito.

- Local: Florida
  Período: Dezembro/2014
  Locadora: Alamo
  Categoria: Econômica (carro disponível: Chevrolet Spark)
  Valor médio da diária: USD 62.75 (com taxas e com GPS)

Com relação aos gastos com gasolina, ao todo fizemos apenas dois abastecimentos, pois decidimos pagar uma taxa extra para entregar o carro sem o tanque cheio.

- 20/12 (milha 144 da Turnpike, de Orlando a Miami): US$ 20.00, com o preço do galão a US$ 2.65;
- 24/07 (Key Largo, de Miami a Key West): US$ 17.00, com o preço do galão a US$ 2.44.

Constatamos que, enquanto dirigíamos por Florida Keys, o preço do galão ficava cada vez mais caro à medida que nos aproximávamos de Key West.

Curiosidade: Um galão corresponde a quase quatro litros, mais especificamente 3,7854.

Com relação aos pedágios, a orientação do atendente da Alamo era de passarmos sempre pelas faixas dos sistemas de pedágio pré-pagos (SunPass na Turnpike e E-Pass em outros trechos). Assim, a cobrança dos pedágios viria no cartão de crédito informado na retirada do carro alugado. E assim aconteceu! No total, pagamos US$ 25.00 referentes aos vários pedágios existentes nas rodovias da Florida.

4. Duração da Viagem

Tivemos ao todo 13 dias inteiros de viagem e acho que foi suficiente para visitar todas as atrações e cidades que selecionei. Em resumo, tivemos 8 dias em Orlando (incluindo visitas às cidades de Winter Park e Celebration), 2 dias em Key West e 3 dias em Fort Lauderdale.

Como já era nossa terceira viagem a Orlando, reservamos apenas 3 dias inteiros para parques. Desta vez, nos dedicamos a ter novas experiências, como ir ao show do Usher e a um jogo de basquete da NBA, visitar as cidades de Winter Park e Celebration, fazer um tour pelos hotéis de luxo da Disney e participar do evento especial de Natal que ocorre no parque Magic Kingdom. Nosso tempo de estadia em Orlando foi perfeito, pois pudemos aproveitar tudo com bastante tranquilidade.

O meu único ressentimento foi de não ter passado mais dias aproveitando Key West. Porém, como mencionei no post de Planejamento Inicial, a hospedagem estava muito cara. O valor que pagamos na diária do hotel The Inn at Key West foi R$ 572,78! Então, quem puder, super recomendo passar mais dias para explorar melhor não só Key West, mas outras ilhas que compõem Florida Keys.

5. Hotéis

Abaixo, a lista de hotéis onde nos hospedamos. Fiz avaliações para todos no TripAdvisor. Para ler, basta clicar no nome de cada hotel.


6. Cidades

Agora, vou compartilhar minha opinião sobre cada cidade que visitamos.

- Orlando

Por conta da diversa oferta de parques na região de Orlando e proximidades (lembrando que a Disney não fica exatamente dentro dos limites da cidade de Orlando), é normal que nós, turistas, não exploremos tanto a cidade, ficando limitados a International Drive, devido à ampla oferta de hospedagens e lanchonetes/restaurantes que se espalham ao longo desta avenida, e aos centros de compras.

Como fomos duas vezes ao centro de Orlando para assistir ao show do Usher e a um jogo de basquete, ambos no Amway Center e em uma sexta-feira à noite, pudemos perceber que o local é bem agitado, principalmente na Church Street, onda há vários bares, restaurantes e casas noturnas. Justamente por causa desse agito todo no centro da cidade, pegamos o maior engarrafamento que poderíamos imaginar pegar um dia em Orlando!

Enfim, considero a cidade, em seus principais pontos turísticos, bastante segura, bonita, limpa e organizada, com tudo que nós turistas gostamos!

- Winter Park

Desde a última viagem em 2013 planejo visitar Winter Park, uma cidadezinha a cerca de 20 minutos do centro de Orlando. Em 2013, optamos por visitar o parque Animal Kingdom da Disney e deixamos Winter Park para outra oportunidade, que surgiu exatamente nesta viagem.

Winter Park é pequena e muito charmosa. Seus principais atrativos se encontram espalhados pela Park Avenue. Foi muito agradável caminhar tranquilamente pela cidade, onde aproveitamos para almoçar. Algumas horas bastam, ficamos umas quatro horas na cidade.

É o tipo de passeio que não é prioritário em uma primeira viagem a Orlando, tanto que só nos interessamos em visitar Winter Park na nossa terceira viagem. Mas com certeza valeu a pena!

- Celebration

Celebration é uma cidade projetada pela Disney, e que teve sua primeira ocupação residencial em 1996. A cidade é pequena e não possui tantos atrativos, os principais ficam basicamente pela parte central, ao redor do lago Rianhard. Além disso, fica bem pertinho do complexo da Disney, cerca de 7 milhas (ou aproximadamente 11Km), que dá uns 15 minutos de carro sem trânsito.

Quando chegamos à cidade, fiquei encantada! Tudo é muito bem projetado, organizado, limpo e bonito. Como era um belo dia de sábado, havia muitas crianças brincando, pessoas aproveitando a área externa dos restaurantes, ou simplesmente sentadas ao redor do lago apreciando a vista e curtindo o momento.

Ficamos apenas uma horinha em Celebration. Porém, se tivéssemos mais tempo disponível, acho que teria sido uma ótima experiência ter escolhido um restaurante para almoçar na cidade.

Assim como mencionei sobre Winter Park, este é o tipo de passeio que não é prioritário em uma primeira viagem a Orlando.

- Key West

Key West é a ilha mais ao sul da Florida e compõe o conjunto de ilhas denominado Florida Keys (sendo as principais: Key Largo, Islamorada, Marathon, Big Pine Key e Key West). O percurso de Miami Springs a Key West fica em torno de 160 milhas (aproximadamente 257km, cerca de 3 horas sem trânsito).

Sem dúvida alguma, apesar das coisas diferentes que fizemos em Orlando, o ponto máximo desta viagem foi conhecer Key West. Fiquei encantada com a cidade! A arquitetura das casas é bem diferente do que costumamos encontrar pelos EUA. E o clima é bem descontraído. Apesar de pequena, existem vários passeios turísticos disponibilizados, algo que não tivemos tempo para aproveitar.

Outro lugar que conhecemos próximo a Key West foi o Bahia Honda State Park, que é um parque simplesmente lindo! Passamos apenas algumas horas, porém merecia o dia inteiro de visitação!

Enfim, se puder e tiver mais tempo disponível, passe mais dias em Key West e aproveite para conhecer outras ilhas de Florida Keys, que também possuem várias atrações.

- Fort Lauderdale

A cidade de Fort Lauderdale fica a uns 40 minutos ao norte do aeroporto de Miami.

Devo dizer que, de certa forma, fiquei um pouco decepcionada com a cidade, a começar pelo trânsito. Constatamos de cara a tamanha impaciência que rola entre os motoristas de lá. Como turistas que somos, dirigindo em uma cidade desconhecida, com a ajuda de um GPS, é claro que seremos um pouco mais lentos na direção. Perdemos as contas das buzinadas e dos cortes que levamos! Definitivamente, uma experiência bem diferente das demais que tivemos dirigindo em outras cidades dos EUA.

Além disso, também não achei uma cidade com tantos atrativos. Com certeza é bonita, limpa e organizada, principalmente a sua orla. Claro que valeu a experiência, mas Fort Lauderdale não entrou na minha lista das cidades que pretendo voltar no futuro!


É isso! Espero ter ajudado compartilhando todo meu planejamento e relatos. Até a próxima viagem, a qual já comecei a planejar! Aguardem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...