18 junho 2015

[San Francisco 2012] 6º dia: San Francisco (Presidio e Twin Peaks)

ROTEIRO ORIGINAL (Sábado – 27/10/2012):

Visita ao parque Presidio:
    The Exploratorium
    Palace of Fine Arts
    Walt Disney Family Museum
    Letterman Digital Arts Center
Visita ao monte Twin Peaks

RELATO DO DIA:

Observação: Antes de começar o relato do dia de hoje, quero esclarecer porque não houve postagem sobre o dia anterior, 26/10/2012. Neste dia, fizemos check-out no Chancellor Hotel, em San Francisco, e retiramos o carro alugado na Alamo para seguir até a cidade de Palo Alto, a 35 milhas (aproximadamente 56km) de San Francisco. Assim que chegamos a Palo Alto, fomos direto almoçar no restaurante Olive Garden. Depois, fizemos check-in no hotel Comfort Inn, onde ficaremos hospedados até o fim da viagem. Aproveitamos o resto do dia livre para descansar e fazer umas compras no Walmart. Sendo assim, foi um dia sem atrativos e sem fotos.

Agora que estamos hospedados em Palo Alto, temos que sair cedinho, pois o percurso até San Francisco é de quase uma hora.

Chegando a San Francisco.


Assim, que chegamos a San Francisco, fomos direto visitar o museu de ciência The Exploratorium que ficava próximo ao Palace of Fine Arts (atualmente o museu está bairro Embarcadero, no Pier 15). Conseguimos estacionar o carro na rua Yatch Rd.

O museu é pequeno, porém possui vários experimentos interativos bem interessantes. Como chegamos logo no horário de abertura às 10:00AM, pudemos aproveitar tranquilamente algumas das atrações. Passamos duas horas no museu e, antes de ir embora, resolvemos almoçar na lanchonete do local.

Na entrada do museu The Exploratorium.

Interagindo com os experimentos!



Como o museu ficava ao lado do Palace of Fine Arts, resolvemos logo visitar esta bela arquitetura. O lugar é simplesmente lindo, ótimo para se tirar belas fotos. Durante o planejamento da viagem, li que este é um lugar muito procurado por noivos para tirar fotos, inclusive, enquanto visitávamos, havia um casal de noivos e uma garota que parecia ser debutante fazendo seus ensaios fotográficos.

Palace of Fine Arts. Lindo!




Vários cisnes no lago do Palace of Fine Arts.


Daqui, pegamos o carro no estacionamento e seguimos para o parque Presidio, que é vizinho do Palace of Fine Arts. Porém, o parque é enorme! Uma das atrações é o Walt Disney Family Museum, um museu dedicado a contar a história do Walter Elias Disney e sua família. É claro que eu, uma apaixonada pela Disney, não poderia deixar de visitar!

Há um estacionamento amplo na frente do museu, com acesso pela Lincoln Boulevard, na Anza Avenue. Além disso, aos fins de semana, o estacionamento é gratuito.

Fachada do Walt Disney Family Museum.

Também quero fazer parte da família Disney!

A frente do museu estava toda decorada para o Halloween.

Rest in Peace! Descanse em paz!

Vista da Golden Gate Bridge do interior do museu. Tirei essa foto escondida!


Como falei anteriormente, o museu conta a história de Walter Elias Disney e sua família, seus sonhos e realizações. O museu é enorme, lindo, com as galeras distribuídas de forma a contar sua história cronologicamente. Na última galeria, que fala sobre sua doença e morte, confesso que fiquei com um nó na garganta e segurei as lágrimas de tanta emoção. Uma pena que não é permitido tirar fotos em seu interior.

Saímos do museu e fomos caminhando pela Lincoln Blvd até chegarmos a Letterman Drive. Aqui fica o Letterman Digital Arts Center que é a sede dos estúdios Lucasfilm. Sabe o George Lucas criador dos filmes Guerra nas Estrelas? Pois é, ele é o fundador desta empresa, que desde 2012 pertence a Walt Disney Company.  Para quem é fã, no local há uma estátua do mestre Yoda. Dizem que há também estátuas do Darth Vader e do King Kong, mas estas não chegamos a ver.

Daqui se tem uma bela vista do parque e da cúpula do Palace of Fine Arts.

Estátua do mestre Yoda na entrada do Letterman Digital Arts Center (Lucasfilm).

Vista para o Palace of Fine Arts.


Já eram quase 4:00PM, então pegamos o carro e seguimos para o Twin Peaks, um monte (ou dois montes gêmeos para ser mais exata) de 281 metros de altura e com uma bela vista para a baía de San Francisco. O local possui estacionamento, que por sinal estava bem cheio, mas tivemos a sorte de encontrar uma vaguinha.

Que bom que o dia estava lindo e ensolarado, assim pudemos ter uma ótima vista, quase de 180º da cidade. Interessante notar que, com exceção do distrito financeiro, San Francisco não é uma cidade verticalizada, o que acho ótimo!

Vista na direção da Golden Gate Bridge.
 
Distrito Financeiro com a Bay Bridge à direita.

San Francisco e sua horizontalidade!


Deixamos San Francisco às 5:00PM e pegamos um belo engarrafamento para voltar a Palo Alto!

E assim terminamos o dia de hoje. Até o próximo post!

Não deixe de conferir as postagens de planejamento desta viagem:

- Planejamento Inicial
- Planejamento do Roteiro
- Planejamento Financeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...