29 março 2017

[Santiago 2016] Considerações Finais

Antes de tecer as considerações finais sobre a nossa viagem de 10 dias a Santiago do Chile, vou relatar rapidamente o dia da viagem de volta ao Brasil.

RELATO DO DIA (Terça-Feira – 01/11/2016)

Nosso voo sai de Santiago às 14:20. No dia anterior, contratamos o traslado até o aeroporto na recepção do hotel, que ficou agendado para às 12:00, a um preço de $22.000 pesos chilenos.

Hoje aproveitamos para acordar um pouco mais tarde e tomar café da manhã tranquilamente. Depois, arrumamos as nossas malas, tendo todo o cuidado possível para embalar bem as garrafas de vinho e deixá-las protegidas dentro das malas, uma vez que em voos internacionais é obrigatório despachar frascos com mais de 100ml, e isso inclui as garrafas de vinho. Leia mais no site do Melhores Destinos.

Um pouco antes de 12:00, fizemos o check-out. Como a hospedagem foi paga previamente, restou apenas pagar um lanche que pedimos no serviço de quarto durante a nossa estadia, no total de $7.400 pesos chilenos. Além disso, o valor do traslado até o aeroporto também foi pago diretamente na recepção do hotel.

Pontualmente o motorista nos buscou no hotel para nos levar ao aeroporto. Motorista super simpático e educado! Algo comum entre os chilenos!

No aeroporto, resolvemos gastar o valor economizado durante a viagem na loja Duty Free e finalizamos as últimas notas e moedas comprando um pão de queijo na Starbucks, no valor de $1.290 pesos chilenos.

A seguir, a tabela com os gastos de hoje.

ESTIMATIVA DE GASTOS GASTOS EFETIVOS ECONOMIA
Traslado hotel-aeroporto: 20.000 Traslado hotel-aeroporto: 22.000 -2.000
Alimentação: 24.000 Alimentação: 8.690 15.310
44.000 30.690 13.310
Saldo Anterior: 69.947 / Saldo Atual: 39.257 / Economia Geral: 39.257


Agora vamos, finalmente, às considerações finais!

1. Cidade de Santiago

Sempre ouvi muitos elogios à cidade de Santiago e, desta vez, pude comprovar pessoalmente que todos os elogios são verdadeiros, sem exagero!

Santiago é uma cidade limpa, bem estruturada, segura, bonita e de um povo extremamente educado e solícito, pelo menos foi desta forma que minha mãe e eu fomos tratadas durante toda a viagem.

Não pense que viajar a Santiago se resume apenas a visitações de vinícolas e degustação de vinhos, o que por si só já é ótimo! A cidade tem muito a oferecer aos turistas: são diversos parques, museus, centros culturais e a minha parte preferida... ótimos restaurantes! Cada dia na capital chilena nos ofereceu experiências únicas e tudo foi relatado em detalhes nas postagens anteriores sobre cada dia da viagem.

Além do mais, a rede de metrô atende muito bem os principais pontos turísticos de Santiago, facilitando muito a locomoção pela cidade. Por conta disso, não chegamos a utilizar táxis. O traslado aeroporto/hotel contratei com a empresa Transvip e o traslado hotel/aeroporto contratei com a recepção do hotel.

Viajamos no fim de outubro de 2016. Nesta época, no hemisfério sul, é primavera. Pegamos um clima bem agradável, com temperaturas variando de 10° a 24°C. Houve dois dias, no entanto, que a temperatura chegou a 30°C. Foram raros os momentos de chuva, acontecendo mais durante a madrugada.

Com relação ao tempo de viagem, acredito que 10 dias foi ideal para conhecer bem a cidade e ainda fazer passeios a seus arredores, como Valparaíso, Viña del Mar e Cajón del Maipo.

2. Hotel

Santiago, ou mais exatamente Região Metropolitana de Santiago, é dividida por "comunas", ou seja, divisões administrativas como se fossem os nossos chamados municípios. Por conta disso, cada comuna (ou grupo de comunas) possui sua própria administração (governo) chamado de "municipalidad". Algumas comunas da Grande Santiago são: Vitacura, Las Condes, Recoleta, Providencia e Santiago (centro).

Decidir em qual lugar se hospedar em uma cidade é o ponto chave no planejamento de uma viagem. Depois de muito pesquisar, escolhi me hospedar na região de Providencia. Dentre as opções de hospedagem nesta região, levando em consideração as avaliações dos hóspedes, facilidades pela redondeza (metrô, restaurantes, mercados, etc) e principalmente nosso orçamento, acabei escolhendo o Hotel Torremayor Lyon, com muito boa avaliação no TripAdvisor, e fiz reserva de um quarto duplo para 10 noites utilizando o site Hoteis.com. O café da manhã estava incluído na reserva. Além disso, o check-in é a partir das 14:00 e o check-out até às 12:00.

O Hotel Torremayor Lyon é bem localizado, com a estação de metrô Los Leones a poucas quadras de distância e várias opções de restaurantes, lanchonetes, mercados e casas de câmbio pelas redondezas. Achei o hotel bem bonito, com uma área comum bastante agradável e atendentes muito simpáticos. Contudo, achei o nosso quarto um pouco antigo e necessitando de alguma manutenção, principalmente no banheiro, mas não tivemos qualquer contratempo durante a nossa hospedagem.

O hotel possui um terraço onde há uma piscina e espreguiçadeiras ao redor, mas que estava em manutenção. Afinal, quem tem coragem de ir para a piscina no friozinho da primavera chilena?!

O café da manhã, por sua vez, possui boa variedade, com pães, ovo, frios, doces, frutas e sucos. Mas confesso que, depois de uns cinco dias, já estava enjoada da comida!

Fachada do Hotel Torremayor Lyon, em Providencia, onde ficamos hospedadas.

Saguão do Hotel Torremayor Lyon, em Providencia.

Saguão do Hotel Torremayor Lyon, em Providencia.

Quarto em que ficamos hospedadas, no Hotel Torremayor Lyon.

Banheiro do nosso quarto. Alguns itens estavam precisando de manutenção.

Terraço do Hotel Torremayor Lyon, onde há uma piscina.

Vista a partir do terraço do Hotel Torremayor Lyon.

Salão do café da manhã.

Salão do café da manhã.

Meu café da manhã no Hotel Torremayor Lyon.


Com relação à comuna de Providencia, percebi que ainda é uma região bastante residencial, com alto padrão. Suas ruas são belas e arborizadas. Contudo, é uma região que vem se modernizando cada vez mais, tornando-se um importante centro comercial, oferecendo hotéis, restaurantes, bares, lojas e estações de metrô. Definitivamente, uma ótima região para se hospedar em Santiago.

3. Passeios Contratados (Arredores de Santiago)

Durante o planejamento desta viagem, utilizei bastante o blog Nós no Chile, da Rosi Guimarães. Dentre as diversas dicas, ela indica a agência Indo Pro Chile para fazer passeios por Santiago e arredores. Por conta da ótima recomendação, agendei com antecedência três passeios com a agência:


Tivemos uma ótima experiência com a agência Indo Pro Chile, com guias/motoristas sempre pontuais e atenciosos. Definitivamente, o serviço prestado foi de qualidade e por isso recomendo!

No decorrer da viagem, por conta de um dia que ficou livre de programação, e por indicação de um amigo, entrei em contato com um guia chamado Marcos, via WhatsApp (+56 9 4692 9722), e agendei um passeio para Embalse El Yeso, uma represa localizada na região de Cajón del Maipo, sendo a principal fonte de abastecimento de água potável da Região Metropolitana de Santiago.

Nosso guia/motorista foi o Ricardo, pontual, atencioso e super simpático. Tivemos uma experiência maravilhosa neste passeio. Recomendo também!

4. Gastos Estimados X Gastos Efetivos

Conforme apresentei na postagem de Planejamento Financeiro, o total estimado para os gastos diários durante a viagem foi de $900.000 pesos chilenos, para duas pessoas, no caso minha mãe e eu. Lembrando que levamos o valor correspondente em reais e efetuamos a troca de moeda em Santiago.

Somando-se os gastos efetivos diários, temos um total de $860.743 pesos chilenos. Uma economia de $39.257 pesos chilenos (aproximadamente R$200,00).

Como trocamos todos os reais que levamos e não queríamos voltar com pesos chilenos para casa, ou trocar de volta para real, resolvemos gastar o valor economizado na loja Duty Free do aeroporto de Santiago.

Sendo assim, posso dizer que a minha estimativa de gastos diários para a viagem deu super certo!

Observação: Fizemos algumas compras durante a viagem, como vinhos, chocolates, etc. Contudo, sempre opto por não incluir/discriminar tais gastos aqui no blog, pois é um gasto totalmente discricionário de cada viajante, a depender do seu orçamento e do seu objetivo de viagem. Portanto, os gastos com compras não se confundem com os gastos diários estimados e efetivos aqui listados.

5. Custo Total da Viagem

Por fim, resolvi montar a tabela abaixo discriminando todos os custos desta viagem, para duas pessoas, separados por categoria.

TIPO VALOR EM REAIS VALOR EM PESOS
Passagens Aéreas 3.393,26
Hospedagem 3.846,03
Seguro Viagem    200,56
Gastos Diários* 4.414,07 860.743,00
    - Passeios (300.000,00)
    - Alimentação (435.643,00)
    - Transporte   (58.500,00)
    - Gorjetas   (36.600,00)
    - Ingressos de Atrações   (30.000,00)
TOTAL (DUAS PESSOAS) R$ 11.853,92

Sendo assim, o custo total desta viagem por pessoa foi de R$ 5.926,96.

Observação(*): A cotação média utilizada para conversão do real foi de $195 pesos chilenos, à época da viagem, em outubro/2016.


E, com esta vista, nos despedimos de Santiago do Chile! Espero ter ajudado compartilhando todo o meu planejamento e relatos. Até a próxima viagem!

Visão da Cordilheira dos Andes pela janela do avião.

Pôr do sol visto do avião. De volta pra casa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...