09 março 2017

[Santiago 2016] Planejamento Financeiro

Depois de ter o roteiro montado (veja a postagem de Planejamento do Roteiro), fica mais fácil fazer o planejamento financeiro da viagem com a estimativa de gastos diários. Incluo nesta estimativa gastos com alimentação, transporte, ingressos, passeios, entre outros.

Ressalto que os gastos estimados abaixo são referentes a duas pessoas, no caso minha mãe e eu. Além disso, sempre opto em estimar o valor um pouco para cima. Antes sobrar dinheiro do que faltar!

- Dinheiro x Cartão de Crédito x VTM

Eu gostava muito de utilizar nas minhas viagens internacionais o cartão pré-pago denominado Visa Travel Money (VTM). Porém, com a edição e publicação do Decreto nº 8.175, de 27 de dezembro de 2013 (revogado pelo Decreto nº 8.325, de 7 de outubro de 2014, mas que mantém o percentual de tributação), a recarga de cartões VTM passou a ser tributada com a mesma alíquota que os gastos internacionais utilizando cartão de crédito, ou seja, 6,38% (anteriormente a alíquota praticada na recarga era 0,38%). Com isto, parei de utilizar o cartão VTM por não considerá-lo mais vantajoso. Portanto, ultimamente tenho optado em levar dinheiro em espécie mesmo. Além do mais, não costumo usar cartão de crédito em viagens internacionais, salvo em algumas exceções.

- Alimentação

Para estimar gastos com os restaurantes planejados, faço uma análise do cardápio (quando encontro) e já vejo os preços dos possíveis pratos que iremos escolher, bebidas e sobremesas. Além disso, incluo a taxa de serviço de 10% que costuma ser cobrada nos restaurantes do Chile.

Para gastos com alimentações mais simples, estimei o valor de $20.000 pesos chilenos para duas pessoas.

- Demais Custos

Todos os demais custos, como ingressos de atrações e bilhetes de metrô, foram estimados de acordo com os valores encontrados em sites oficiais à época do planejamento financeiro desta viagem.


Agora, vamos para a estimativa dos gastos para cada dia da viagem, baseado no detalhamento acima, para duas pessoas. Note que os valores abaixo estão em pesos chilenos.

1. Sábado 22/10/2016: Chegada a Santiago (Chile)

Traslado aeroporto-hotel: 2 x 8.000 = 16.000 (vide Transvip)
Bilhetes de metrô: 2 x 8.000 = 16.000 (vide Tarjeta Bip!)
Alimentação: 20.000
SUBTOTAL: 52.000

Observação: Pretendo comprar as denominadas "Tarjetas Bip!", um cartão pré-pago para utilização do metrô. Cada cartão tem um custo de emissão de $1.550 pesos chilenos (outubro/2016). Baseado no roteiro planejado, estimei o valor de $6.450 pesos chilenos para colocar em cada cartão, para utilizarmos durante a viagem. As tarifas do metrô de Santiago variam entre $610 e $740 pesos chilenos, por pessoa, a depender do horário e dia da semana (outubro/2016).

2. Domingo 23/10/2016: Regiões de Vitacura e Las Condes

Táxi até Vitacura: 5.000
Almoço (Mestizo): 50.000
Jantar e lanches: 20.000
SUBTOTAL: 75.000

3. Segunda-Feira 24/10/2016: Vinícola Concha y Toro

Passeio Concha y Toro: 2 x 35.000 = 70.000 (vide Indo Pro Chile)
Alimentação: 40.000
SUBTOTAL: 110.000

4. Terça-Feira 25/10/2016: Região de Providencia

Almoço (Aqui Esta Coco): 50.000
Sky Costanera: 2 x 5.000 = 10.000
Jantar (Hard Rock Cafe): 30.000
Lanches: 8.000
SUBTOTAL: 98.000

5. Quarta-Feira 26/10/2016: Moneda e Plaza de Armas (Centro)

Alimentação: 40.000
SUBTOTAL: 49.000

6. Quinta-Feira 27/10/2016: Quinta Normal

Museu Ferroviário: 2 x 1.000 = 2.000
Museu de Ciência e Tecnologia: 2 x 1.000 = 2.000
Almoço (Ocean Pacific's): 40.000
Jantar e Lanches: 20.000
SUBTOTAL: 64.000

7. Sexta-Feira 28/10/2016: Bellavista e Cerro San Cristóbal (Providencia)

Almoço (Como Agua para Chocolate): 50.000
Casa Museo La Chascona: 2 x 6.000 = 12.000
Funicular Cerro San Cristóbal: 2 x 2.000 = 4.000
Jantar e Lanches: 20.000
SUBTOTAL: 86.000

8. Sábado 29/10/2016: Bairro Lastarria (Centro)

Alimentação: 70.000
SUBTOTAL: 70.000

9. Domingo 30/10/2016: Valparaíso e Viña del Mar

Passeio Valparaíso e Viña del Mar: 2 x 35.000 = 70.000 (vide Indo Pro Chile)
Casa Museo La Sebastiana (Valparaíso): 2 x 6.000 = 12.000
Alimentação: 40.000
SUBTOTAL: 122.000

10. Segunda 31/10/2016: Cajón del Maipo

Passeio Cajón del Maipo: 2 x 45.000 = 90.000 (vide Indo Pro Chile)
Alimentação: 40.000
SUBTOTAL: 130.000

11. Terça 01/11/2016: Saída de Santiago e retorno ao Brasil

Traslado hotel-aeroporto: 20.000
Alimentação: 24.000
SUBTOTAL: 44.000


Sendo assim, o VALOR TOTAL ESTIMADO para os gastos diários foi $900.000 pesos chilenos.

Após ler muitas dicas pela internet sobre qual moeda levar para utilizar no Chile, optei por levar o valor correspondente em Real (espécie mesmo pois evito usar cartão de crédito em viagens internacionais). Sobre o assunto, recomendo a leitura das postagens do Viaje na Viagem e do Nós no Chile.

Agora vamos ver se o planejamento vai dar certo durante a viagem! Para isto, acompanhe as postagens com os relatos diários, com dicas, informações importantes e muitas fotos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...