01 julho 2017

[Peru 2017] Planejamento Financeiro

Depois de ter o roteiro montado (veja a postagem de Planejamento do Roteiro), fica mais fácil fazer o planejamento financeiro da viagem com a estimativa de gastos diários. Incluo nesta estimativa gastos com alimentação, transporte, ingressos, passeios, entre outros.

Ressalto que os gastos estimados abaixo são referentes a duas pessoas, no caso minha mãe e eu. Além disso, sempre opto em estimar o valor um pouco para cima. Antes sobrar dinheiro do que faltar!

- Dinheiro x Cartão de Crédito x VTM

Eu gostava muito de utilizar nas minhas viagens internacionais o cartão pré-pago denominado Visa Travel Money (VTM). Porém, com a edição e publicação do Decreto nº 8.175, de 27 de dezembro de 2013 (revogado pelo Decreto nº 8.325, de 7 de outubro de 2014, mas que mantém o percentual de tributação), a recarga de cartões VTM passou a ser tributada com a mesma alíquota que os gastos internacionais utilizando cartão de crédito, ou seja, 6,38% (anteriormente a alíquota praticada na recarga era 0,38%, tal como na compra de moeda em espécie). Com isto, parei de utilizar o cartão VTM por não considerá-lo mais vantajoso. Portanto, ultimamente tenho optado em levar dinheiro em espécie mesmo. Além do mais, não costumo usar cartão de crédito em viagens internacionais, salvo em algumas exceções. Mas sempre viajo com o cartão de crédito desbloqueado, caso imprevistos ocorram.

- Alimentação

Para estimar gastos com os restaurantes planejados, faço uma análise do cardápio (quando encontro) e já vejo os preços dos possíveis pratos que iremos escolher, bebidas e sobremesas. Além disso, incluo a taxa de serviço de 10% que costuma ser o padrão de gorjeta cobrado nos restaurantes do Peru. Como não foi fácil encontrar cardápios incluindo valores, acabei estimando o valor de $200,00 soles para os restaurantes mais sofisticados/turísticos.

Para gastos com refeições mais simples, estimei o valor de $50,00 soles para duas pessoas.

- Transporte

Como esta é uma viagem logisticamente mais complexa, por conta de diferentes cidades/povoados a serem visitados, planejei com antecedência os vários traslados necessários. Como falei na postagem de Planejamento do Roteiro, agendei a maioria dos traslados com a empresa Taxi Datum, por conta das ótimas recomendações que encontrei pela internet. O bom é que no próprio site da empresa, o valor de cada passeio/traslado é informado, tanto em soles quanto em dólares. Ressalte-se que o valor cobrado é por veículo, e não por pessoa.

Dica: Apesar de a empresa Taxi Datum receber o pagamento tanto em soles quanto em dólares, ao se comparar os valores cobrados de acordo com a cotação das moedas, constata-se que é melhor pagar os traslados/passeios em soles. Exemplo: O passeio para Pisac custa $200 soles ou $65 dólares, ou seja, a empresa está utilizando uma cotação de $3,07 soles por dólar, sendo uma cotação bem abaixo da praticada à época do planejamento financeiro desta viagem, ou seja, $3,25.

Já em Lima, capital peruana, pretendo utilizar o Metropolitano, sistema de trasporte público que conta com uma rede de ônibus em linha expressa. O cartão pré-pago custa 4,50 soles e cada passagem custa 2,50 soles.

- Demais Custos

Todos os demais custos, como ingressos de atrações, foram estimados de acordo com os valores encontrados em sites oficiais à época do planejamento financeiro desta viagem.


Agora, vamos para a estimativa dos gastos para cada dia da viagem, baseado no detalhamento acima, para duas pessoas. Note que os valores abaixo estão em soles, moeda oficial do Peru. No caso de cobranças em dólares, utilizei a cotação de $3,25 soles por dólar para a conversão de valores.

1. Domingo 28/05/2017: Chegada a Cusco

Alimentação: 150,00
SUBTOTAL: 150,00

Observação: Considerando refeições simples no almoço, lanche e jantar.

2. Segunda-Feira 29/05/2017: Cusco

Boleto turístico: 2 x 130,00 = 260,00
Boleto religioso: 2 x 40,00 = 80,00
City tour: 52,00 (equivalente a $16 dólares)
Museo Inka: 2 x 10,00 = 20,00
Museo de Arte Precolombino: 2 x 20,00 = 40,00
Almoço (MAP Café): 200,00
Iglesia de la Compañia de Jesus: 2 x 10,00 = 20,00
Jantar (Morena Peruvian Kitchen): 200,00
Lanche: 50,00
SUBTOTAL: 922,00

Observação: Por conta das boas recomendações, resolvi agendar o city tour por Cusco com a agência Fabulous Peru Tour. Este passeio custa $16 dólares por pessoa, totalizando em $32 dólares para mim e minha mãe, e foi solicitado um adiantamento de metade do valor, que foi pago pela plataforma PayPal, com acréscimo de 10% referente à taxa de utilização do PayPal. Sendo assim, teremos que pagar o restante do valor ($16 dólares) diretamente à agência em Cusco.

3. Terça-Feira 30/05/2017: Cusco (City Tour)

Museo y Catacumbas de San Francisco: 2 x 10,00 = 20,00
Almoço e lanche: 100,00
Qorikancha: 2 x 6,00 = 12,00
Jantar (Uchu Peruvian Steakhouse): 200,00
SUBTOTAL: 332,00

4. Quarta-Feira 31/05/2017: Cusco (Passeio a Pisac)

Passeio Pisac: 200,00
Almoço e lanche: 100,00
Jantar (Restaurante LIMO): 200,00
SUBTOTAL: 500,00

5. Quinta-Feira 01/06/2017: Cusco / Vale Sagrado / Ollantaytambo

Passeio Vale Sagrado: 200,00
Salineras de Maras: 2 x 7,00 = 14,00
Almoço e Lanche: 100,00
Jantar (El Albergue): 200,00
SUBTOTAL: 514,00

6. Sexta-Feira 02/06/2017: Ollantaytambo

Almoço e Lanche: 100,00
Jantar (El Albergue): 200,00
SUBTOTAL: 300,00

7. Sábado 03/06/2017: Ollantaytambo / Aguas Calientes

Hotel El Albergue: 707,85 (equivalente a $217.80 dólares)
Lanche: 50,00
Jantar (El Indio Feliz Restaurant Bistro): 200,00
SUBTOTAL: 957,85

8. Domingo 04/06/2017: Aguas Calientes / Machu Picchu / Cusco

Guia Machu Picchu: 227,50 (equivalente a $70 dólares)
Almoço (El Indio Feliz Restaurant Bistro): 200,00
Lanche: 50,00
Traslado Poroy-Cusco: 40,00
SUBTOTAL: 517,50

9. Segunda-Feira 05/06/2017: Cusco / Lima (Miraflores)

Traslado hotel-aeroporto Cusco: 20,00
Traslado aeroporto-hotel Lima: 60,00
Almoço (Saqra): 200,00
Jantar (Tanta): 200,00
Lanche: 50,00
SUBTOTAL: 530,00

10. Terça-Feira 06/06/2017: Lima (Centro)

Metropolitano: 24,50
Conjunto Monumental San Francisco: 2 x 10,00 = 20,00
Catedral de Lima: 2 x 10,00 = 20,00
Museo de Arte de Lima: 2 x 30,00 = 60,00
Circuito Mágico del Agua: 2 x 4,00 = 8,00
Alimentação: 150,00
SUBTOTAL: 282,50

Observação: A emissão do cartão pré-pago do Metropolitano custa $4,50 soles e é possível emitir apenas um para duas pessoas utilizarem. Estimei a utilização de 4 bilhetes por pessoa durante nossa estadia em Lima, totalizando em 8 bilhetes. Como cada bilhete custa $2,50 soles, mais o custo de emissão do cartão, estimei um total de $24,50 soles a ser gasto com o Metropolitano.

11. Quarta-Feira 07/06/2017: Lima (Pueblo Libre e Barranco)

Museo Larco: 2 x 30,00 = 60,00
Almoço (Museo Larco): 200,00
Museo Pedro de Osma: 2 x 20,00 = 40,00
Jantar e Lanche: 100,00
SUBTOTAL: 400,00

Observação: O distrito de Pueblo Libre, onde fica o Museo Larco, é bem distante de Miraflores, onde ficaremos hospedadas em Lima. Assim como o distrito de Barranco fica bem longe de Pueblo Libre. Não estimei o custo com transporte entre estes distritos pois minha ideia é utilizar Uber pagando com cartão de crédito. Já de Barranco a Miraflores, é possível utilizar o Metropolitano.

12. Quinta-Feira 08/06/2017: Saída de Lima

Traslado hotel-aeroporto: 70,00
Alimentação: 50,00
SUBTOTAL: 120,00

Observação: Resolvi não agendar previamente o traslado hotel-aeroporto com a empresa Taxi Datum (como foi padrão para esta viagem), porque não tinha noção do melhor horário para marcar a saída do hotel, uma vez que o aeroporto é bem longe, sendo necessário ainda levar em consideração o tráfego de carros em dias de semana. Entrei em contato com o hotel em Lima e me informaram que oferecem o serviço de traslado a $70 soles (o veículo). Portanto, deixarei para reservar o traslado para o aeroporto durante a nossa estadia em Lima.

Além de todos os custos listados acima, estimei também um valor a ser gasto com suprimentos (compras em mercados) e farmácia (caso seja necessário comprar remédios) no total de $150,00 soles.

Sendo assim, o VALOR TOTAL ESTIMADO para os gastos diários foi $5.675,85 soles.

Após ler muitas dicas pela internet sobre qual moeda levar ao Peru, optei por levar o valor correspondente em dólares. Sobre o assunto, recomendo a leitura da postagem do Viaje na Viagem.

Logo, utilizando uma cotação estimada de $3,25 soles por dólar, temos um valor equivalente de $1.746,42 dólares. Arredondamos o valor para cima e compramos $1.800,00 dólares, em espécie, para levar ao Peru.


Agora vamos ver se o planejamento vai dar certo durante a viagem! Para isto, acompanhe as próximas postagens com os relatos diários, com dicas, informações importantes e muitas fotos!

2 comentários:

  1. Muito obrigado. Me ajudou muito. Estou indo com meu marido agora em Outubro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha Sara! Fico muito feliz em ter ajudado. Curta muito a sua viagem pois o Peru é um país incrível! Machu Picchu então... é mágico!

      Abraços.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...