03 fevereiro 2018

[Viagens Curtas] Miami Beach 2017

(Roteiro de 1 dia em Miami Beach)


Esta foi minha quarta passagem por Miami. Confesso que nunca foi meu destino favorito nos Estados Unidos, muito por conta das duas primeiras experiências, em 1994 e 1997. Os atendentes dos hotéis, os guias, e outras pessoas, falavam coisas que nos faziam ter medo de sair à rua, sempre nos alertando para ter muito cuidado. Em 2011, já tive uma experiência melhor, mas não ao ponto de mudar minha opinião sobre Miami...

No início de 2017, resolvi realizar o sonho de ir a um show do U2 fora do Brasil e, sem dúvida, Miami seria a melhor opção, logisticamente falando. Não exitei e comprei os ingressos para o show, que aconteceria no dia 11/06/2017 (um domingo), da turnê em comemoração aos 30 anos do álbum The Joshua Tree.

Convidei um amigo e fomos vivenciar esta experiência. Como o show era à noite, aproveitamos o belo dia de sol que fazia e fomos passear por Miami Beach.

Desta vez, com outros olhos e com mais amadurecimento, posso dizer que Miami Beach conquistou meu coração. Um dia foi pouco, pouquíssimo... Agora anseio voltar com calma e aproveitar bem mais o que as cidades de Miami e Miami Beach têm a oferecer.

A seguir, compartilho o meu roteiro de 1 dia em Miami Beach.

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Antes de tecer as considerações iniciais sobre esta curta viagem, acho interessante trazer a informação de que Miami e Miami Beach são duas cidades distintas, dentre outras, pertencentes ao condado de Miami-Dade, no Estado da Flórida. Um condado é uma subdivisão administrativa de um estado americano.

A cidade de Miami Beach fica em uma ilha onde estão as praias, casas noturnas, hotéis e restaurantes mais badalados. Por sua vez, a cidade de Miami está localizada no continente, com destaque a Miami Downtown (centro financeiro da cidade) e o Porto de Miami.

Período da Viagem e Passagens Aéreas

Na verdade, esta viagem aos Estados Unidos engloba uma rápida estadia em Miami, por conta do show do U2 (no dia 11/06/2017), e mais alguns dias em Orlando, no período total de 10/06/2017 a 15/06/2017.

Manaus pode ter uma logística ruim quando se trata de viagens para o restante do Brasil, mas no quesito Estados Unidos, é uma mão na roda ter um voo direto Manaus-Miami e com apenas cinco horas de duração.

Comprei as passagens de ida e volta pela America Airlines, no valor de R$1.854,38 (equivalente a $599 dólares) mais taxas de embarque de R$309,28, totalizando em R$2.163,66. Saudades do tempo que conseguia comprar as mesmas passagens por R$800,00...

Hospedagem

Para saber a estratégia que utilizo para escolher e reservar hotéis, acesse diretamente aqui o link Reserva de Hotéis, ou pelo menu Dicas - Reserva de Hotéis.

Escolhi o hotel Courtyard Miami Downtown/Brickell Area, localizado no centro de Miami, e muito bem avaliado no TripAdvisor.

Efetuei a reserva de duas diárias (10/06/2017 a 12/06/2017) pelo Hoteis.com, no valor total de R$931,97 (taxas incluídas). Contudo, no valor da diária não estavam incluídos café da manhã e estacionamento.

Aluguel de Carro

Alugamos o carro com a empresa Sixt com retirada e devolução no Aeroporto de Miami por todo o período da viagem, totalizando em $169,74 dólares. Escolhemos a tarifa mais baixa e sem qualquer adicional. Sendo assim, tivemos que levar nosso próprio GPS.

Observação Importante: Existem vários pedágios entre as cidades do condado de Miami-Dade. Para facilitar nossa vida e utilizar as vias de cobrança automática de pedágio, adquirimos, assim que chegamos a Miami, o "transponder" (pequeno equipamento para colocar no carro) do SunPass a $20,00 dólares. Fizemos a ativação do equipamento no site do SunPass, jogamos um valor pré-pago e fomos utilizando conforme instruções.

LUGARES VISITADOS

Passamos apenas dois dias em Miami. No dia 10/06/2017 fizemos compras no Sawgrass Mills (porque ninguém é de ferro!) e no dia 11/06/2017 passeamos por Miami Beach.

A seguir, um pouquinho sobre os lugares que visitamos por Miami Beach, num belíssimo domingo de sol.

Venetian Islands

As Ilhas Venezianas são um agrupamento de ilhas artificiais criadas na década de 1920, tendo sido transformadas em área residencial a partir da década de 1940.

As ilhas mais ao oeste pertencem à cidade de Miami e as mais ao leste pertencem a Miami Beach. As ilhas estão conectadas entre si por meio de uma ponte denominada Venetian Way, sendo esta uma via pedagiada, ou seja, com cobrança de pedágio.

Escolhi fazer este percurso para chegar até Miami Beach. Percebe-se que a moradia aqui é de altíssimo padrão. A maioria das casas às margens da Baía de Biscayne possui sua própria marina para guardar suas pequenas embarcações. Acho chique!

Conhecendo a Biscayne Island, uma das ilhas do agrupamento denominado Venetian Islands.

Ao fundo, alguns edifícios de Miami.

Essa é a Venetian Way, via que conecta todas as Ilhas Venezianas.

As casas têm suas próprias marinas para guardar as pequenas embarcações. Muito chique!


South Pointe Park

Assim que entramos na ilha principal de Miami Beach, seguimos direto rumo ao sul (bairro de South Beach) para visitar o South Pointe Park, um belo parque público às margens do canal que leva ao Porto de Miami e à Baía de Biscayne.

Estacionamos o carro em uma vaga na rua (atentar para o parquímetro) e seguimos a pé até a entrada do parque.

O South Pointe Park possui uma extensa área com vários atrativos como praia, gramados, calçadão, ciclovia, parquinho para crianças, restaurante, lanchonete, área específica para cães, píer, etc, sem falar na bela vista que se tem para o oceano.

Definitivamente, uma ótima opção em Miami Beach para curtir um belo domingo de sol. Inclusive, durante o nosso passeio, encontramos uma turminha animada fazendo um treino bem puxado de malhação. Isso que é disposição!

Dica: No South Pointe Park está o restaurante Smith & Wollensky, especializado em carnes e com ótima avaliação no TripAdvisor. Gostaria muito de ter conhecido, o ambiente é agradável e a vista linda, mas como visitamos o parque cedo pela manhã, ainda não estávamos com fome para almoçar.

Confesso que o South Pointe Park foi um dos lugares que mais gostei de visitar neste dia de passeio por Miami Beach. Fica a dica!

Chegando ao South Pointe Park, parque público ao sul de Miami Beach.

Curtindo o agradável South Pointe Park. Ao fundo, o Porto de Miami.

Do South Pointe Park é possível ver o luxo das moradias de Fisher Island.

Galera malhando no domingo... isso que é disposição!

Calçadão do South Pointe Park, ao sul de Miami Beach.

Isso sim que é aproveitar bem um domingo de sol!

Chegando ao South Pointe Park Pier.

Bela vista para o oceano a partir do píer do South Pointe Park.

A praia de South Pointe tomada de gente querendo aproveitar bem o domingo de sol.

Canal que dá acesso ao Porto de Miami e à Baía de Biscayne.

Finalizando nossa visita ao South Pointe Park.


Ocean Drive

Depois de visitar o South Pointe Park, pegamos o carro e seguimos dirigindo pela Ocean Drive por toda a sua extensão, de sul a norte, ou seja, da South Pointe Drive até a Rua 15.

A Ocean Drive é uma das principais vias de Miami Beach, seguindo paralelamente à praia, e bastante conhecida por seus diversos hotéis em estilo Art Deco e seus badalados restaurantes e casas noturnas.

O estilo Art Deco primeiramente apareceu na França no início do século XX e influenciou o design de prédios, carros, móveis e vários outros objetos. Esse estilo mistura formas geométricas, cores vivas e outros estilos exóticos.

O Art Deco chegou a Miami Beach na década de 1930 influenciando bastante na arquitetura de seus prédios, tornando-se uma característica marcante da cidade, principalmente no bairro de South Beach. Tanto que, em 1979, foi criado o "Miami Beach Architectural District" no intuito de preservar os prédios em Art Deco da região.

Dica: Caso você tenha tempo hábil, o Miami Design Preservation League oferece walking tours (passeios a pé) para conhecer o estilo Art Deco em Miami Beach. Esse passeio a pé, com duração de 90 minutos, é oferecido diariamente às 10:30 no valor de $25,00 dólares (consulta em fevereiro/2018).

Recomendo dar uma passeada a pé pela Ocean Drive. Não conseguimos achar uma vaguinha de estacionamento e acabamos passando só de carro mesmo. Se você puder, curta a Ocean Drive à noite também, seja para um jantar bacana, seja para uma balada animada, ou os dois!

A Ocean Drive, em Miami Beach, tem um charme todo especial por conta do seu estilo Art Deco.

Dirigindo pela charmosa Ocean Drive. Note a faixa de pedestre no estilo "gay friendly". Adorei!


Lincoln Road

Deixamos o carro estacionado na Washington Avenue (atentar para o parquímetro) e seguimos a pé até a Lincoln Road, famosa rua apenas para pedestres e repleta de lojas, galerias, restaurantes, lanchonetes, etc... sendo um verdadeiro shopping a céu aberto (denominado de Lincoln Road Mall).

Aos domingos (dia em que visitamos) acontece uma feira de produtores locais (The Lincoln Road Farmers’ Market) vendendo frutas, vegetais e vários outros produtinhos de encher os olhos. A feirinha tem suas tendas montadas ao longo da Lincoln Road, entre as avenidas Washington e Meridian, e funciona de 09:00 às 18:30.

As frutas são tão bonitas que não resistimos em experimentar, sem falar que deu uma aliviada na fome e uma refrescada no calor intenso!

É claro que aproveitamos também para fazer umas comprinhas! Foi na Apple da Lincoln Road onde comprei meu iPhone 7, só para poucos meses depois lançarem o 8 e o X... #chateada!

Passeando pela Lincoln Road, rua famosa por ser um verdeiro shopping a céu aberto.

Aos domingos acontece uma feirinha de produtores locais. Muito bacana!

Frutas lindas e apetitosas! Olha o tamanho desses morangos!

A graciosa Miami Beach Community Church, uma igreja para todos, sem preconceitos.


Española Way - Almoço

Depois de passear pela Lincoln Road, voltamos caminhando pela Washington Avenue e, como a fome estava apertando, escolhemos almoçar em algum restaurante da Española Way.

A Española Way, também conhecida com "Historic Spanish Village", foi originalmente projetada, na década de 1920, para ser um ponto de encontro da sociedade mais rica de Miami Beach, seguindo os moldes das vilas mediterrâneas na Espanha e França. Contudo, houve um declínio na região a partir da década de 1950 até a década de 1970.

A revitalização da Española Way foi iniciada nos anos de 1980, trazendo nova vida ao local e se tornando novamente um lugar animado e seguro, repleto de lojas, restaurantes e casas noturnas. Inclusive, vários filmes e séries já utilizaram essa charmosa rua em suas locações.

Em agosto de 2016, foi iniciado um grande projeto de restauração mudando a pavimentação da rua (transformada em uma rua apenas para pedestres), calçamento, prédios, novas árvores e iluminação. O trabalho de restauração foi finalizado em 06/06/2017, apenas dias antes do nosso passeio por Miami Beach!

Definitivamente, a rua está uma gracinha e super charmosa. Deve valer muito à pena vir à noite para jantar e aproveitar uma balada. Fica a dica!

Voltando ao nosso almoço... Há várias opções de restaurantes na região. Porém, percebi que muitos só abrem à noite, como o Pane & Vino, com excelente avaliação no TripAdvisor e que era a minha escolha caso abrisse para o almoço.

Acabamos almoçando no Oh Mexico. Comida boa, mas nada sensacional... Em compensação, o valor da conta foi razoável: $86,00 dólares para duas pessoas (gorjeta incluída), ou seja, $43,00 dólares por pessoa. Particularmente, não recomendo... Acredito que deva haver outras opções melhores para o almoço.

Chegando na Española Way, rua histórica e badalada de Miami Beach, cheia de restaurantes e casas noturnas.

Ao fundo, o restaurante Oh Mexico, onde almoçamos. Confesso que não morri de amores!


Praia de Miami Beach

Depois do almoço, aproveitamos para visitar rapidinho a praia de Miami Beach. Apesar do lindo dia de sol, não fomos preparados para tomar banho de mar, porque logo teríamos que voltar ao hotel para nos arrumar para o show do U2.

Mas caminhamos pela areia e euzinha fui molhar meus pezinhos no mar! Adoroooo!

Esse foi o último lugar que visitamos em Miami Beach. Daqui pegamos o carro (mas antes parei em uma Häagen-Dazs para comprar um sorvetinho de caramelo!) e seguimos de volta ao hotel.

Todo mundo aproveitando a praia de Miami Beach neste domingo de sol e muito calor.

As casinhas coloridas dos salva-vidas são uma característica das praias de Miami Beach.

Não foi dessa vez que tomei banho de mar na praia de Miami Beach...

Os paparazzi não me deixam! Não posso nem molhar meus pezinhos no mar que registram tudo!

MAPA DOS LUGARES VISITADOS




BÔNUS: SHOW DO U2

Depois de passear muito durante o dia por Miami Beach, chegou o momento mais aguardado desta viagem: o show do U2 - The Joshua Tree Tour 2017.

Este show foi em comemoração aos 30 anos do álbum "The Joshua Tree", que alavancou a carreira dessa banda irlandesa que tanto amo. Vem me dizer que você não conhece essas três músicas clássicas: "Where the Streets Have No Name", "I Still Haven't Found What I'm Looking For" e "With or Without You"?!

O show em Miami aconteceu no dia 11/06/2017 no Hard Rock Stadium, estádio de futebol americano localizado na cidade de Miami Gardens, ainda no condado de Miami-Dade.

Comprei os ingressos em janeiro/2017 no dia de abertura das vendas e foi uma luta para conseguir... Infelizmente, só consegui ingressos para assentos na arquibancada. Um pouco longe para o meu gosto, mas tá valendo!

A banda One Republic fez o pré-show, começando pontualmente às 19:00, e com uma duração aproximada de uma hora. Já o U2 foi entrar no palco às 20:45, e o show teve duas horas de duração.

O primeiro show que fui do U2 foi em São Paulo, em 2011, na turnê mais que perfeita U2 360º! Poder vivenciar mais um show do U2, e fora do Brasil, foi a realização de um sonho!

Além do mais, faço questão de destacar a organização impecável do evento e as ótimas instalações do Hard Rock Stadium. O banheiro feminino me chamou a atenção de tão limpo!

Chegando ao Hard Rock Stadium, em Miami, para o show do U2 - The Joshua Tree Tour 2017.

Até o policial estava no clima de descontração e resolveu entrar de gaiato na minha foto!

Panorâmica do interior do Hard Rock Stadium, em Miami.

Alguns momentos do show do U2 - The Joshua Tree Tour 2017, no Hard Rock Stadium, em Miami.


Abaixo, compartilho dois vídeos curtinhos do show.






CONSIDERAÇÕES FINAIS

Nossa estadia em Miami foi bem tranquila, sem qualquer contratempo.

Achei nosso quarto no hotel Courtyard Miami Downtown/Brickell Area amplo e extremamente confortável. Mas já aviso que quanto mais próximo ao bairro de Brickell mais cara vai ficando a hospedagem. Sem falar nos valores de estacionamento... Por segurança e comodidade, à noite deixávamos o carro estacionado no edifício garagem anexo ao hotel, onde a diária de estacionamento estava custando $35,00 dólares.

Bem próximo ao hotel, há várias opções de restaurantes e lanchonetes mais em conta. Contudo, por ser um domingo, encontramos muitos estabelecimentos fechados, algo comum nos centros das cidades. Acabamos tomando café da manhã no Whole Foods Market. Eu gosto bastante dessa rede de supermercados que segue uma linha mais saudável, vendendo produtos naturais e orgânicos. Pagamos em torno de $20,00 dólares pelo nosso café da manhã farto e gostoso, mas meu amigo achou caro!

Nosso passeio por Miami Beach também foi muito agradável. O dia estava lindo! Como nosso tempo era curtíssimo, aproveitamos bem menos do que gostaríamos. Mas agora, com esta ótima experiência, tenho vontade de voltar com calma e aproveitar um pouco mais do que Miami e Miami Beach têm a oferecer.

Até a próxima viagem!

2 comentários:

  1. O que tu achas: melhor ir para a Lincoln rd só para passear ou é do nível de outlet em relação aos preços? Ótima passadinha rápida em Miami.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha sugestão: passeie pela Lincoln Road mas vá preparado para umas comprinhas eventuais! As lojas não são de outlet mas sempre rola promoção. Eu mesma fiz boas comprinhas.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...