Tour Gastronômico em Santiago

Durante a viagem de 10 dias que minha mãe e eu fizemos a Santiago, no Chile, em outubro de 2016 (veja mais detalhes na postagem Santiago 2016), aproveitamos para apreciar algumas experiências gastronômicas pela cidade.

Santiago possui ótimos restaurantes. Selecionei alguns com a ajuda do TripAdvisor, do blog Nós no Chile, da Rosi Guimarães, e do blog Viajar pelo Mundo!, da Claudia Liechavicius.

A seguir, compartilho nossa experiência nos seguintes estabelecimentos, na ordem em que mais gostei: Aqui Está CocoBaco Vino y BistroComo Agua para Chocolate, Mestizo, Pizzaria TiramisúOcean Pacific's Buque Madre.

Lembrando que gosto não se discute e que tudo depende do dia, do momento, da sorte, do alinhamento dos planetas, sei lá! =D

Observação: Os preços das contas que apresento estão em pesos chilenos e a conversão que faço para real é conforme a época da viagem, ou seja, outubro de 2016.


Aqui Está Coco

O restaurante Aqui Está Coco foi inaugurado em 1973 por Jorge “Coco” Pacheco. Entretanto, em 2008, um incêndio destruiu o restaurante e parte de sua história. Em 2010, o Aqui Está Coco foi reinaugurado destacando sua modernidade e sendo o primeiro restaurante sustentável do Chile. Sem dúvida alguma, é um restaurante de renome internacional, sendo bastante procurado, não só pelos turistas, mas também pelos locais.

Informação Importante: O estabelecimento está localizado na rua denominada La Concepcion, n° 236, na região de Providencia. Seu horário de funcionamento para o almoço vai de segunda a sábado de 13:00 às 15:00 e para o jantar de segunda à sexta de 19:00 às 23:00, sábado de 20:00 às 23:00. Fecha aos domingos e feriados. Além do mais, o restaurante permanece fechado durante todo o mês de fevereiro. (atualizado em 2018)

Chegando ao restaurante Aqui Está Coco, em Santiago.

Fachada do restaurante Aqui Está Coco, em Santiago.

Área externa do restaurante Aqui Está Coco, em Santiago.


Escolhi almoçar no restaurante Aqui Está Coco em comemoração ao dia do meu aniversário, uma terça-feira. Chegamos ao local às 12:30 e, apesar de não termos feito reserva, o que é bastante recomendável, conseguimos facilmente uma mesa. Vimos muitos executivos tendo seus almoços de negócios por aqui.

O ambiente é moderno e tem uma bela decoração, além de ser extremamente agradável, com um toque de requinte. Sem falar no atendimento super atencioso.

Um dos ambientes da área interna do restaurante Aqui Está Coco, em Santiago.

Achei o lavabo do restaurante Aqui Está Coco tão interessante que resolvi tirar foto!


Para celebrar meu aniversário, resolvi experimentar o famoso drink "pisco sour".

O "pisco sour" (pronuncia-se "sauer" e significa azedo, em inglês) é uma bebida destilada à base de uva e com elevado teor alcoólico, sendo tradicional tanto no Chile quanto no Peru, com algumas diferenças entre suas receitas. Eu me arriscaria a dizer que o pisco sour está para o Chile assim como a caipirinha está para o Brasil!

De cortesia, são servidos pães quentinhos acompanhados de manteiga e um molho vinagrete. Para complementar a entrada, pedi uma porção de "Empanadas de Mariscos" (duas unidades), bastante recomendadas.

De prato principal, pedi um "Congrio Salteado" (peixe empanado) acompanhado de batatas fritas, e mami pediu um "Filete a la Pimienta" acompanhado de salada e uma porção de batatas amassadas. De sobremesa, finalizamos com uma torta de doce de leite denominada de "Torta de la Abuela".

"Pisco Sour", tradicional drink chileno, do restaurante Aqui Está Coco.

De entrada, pãezinhos e "Empanadas de Mariscos", do Aqui Está Coco.

"Congrio Salteado" acompanhado de batatas fritas, do Aqui Está Coco.

"Filete a la Pimienta" acompanhado de salada, do Aqui Está Coco.

"Torta de la Abuela", uma torta divina de doce de leite, do Aqui Está Coco!


A comida estava simplesmente divina! Definitivamente, não poderia ter escolhido restaurante melhor para o meu almoço de aniversário. Ambiente agradável, comida de primeira qualidade e atendimento extremamente simpático e atencioso. Contudo, prepare o bolso! Mas vale cada centavo!

A seguir, a descrição detalhada da nossa conta no restaurante Aqui Está Coco:

- Pisco Sour: 3.000
- Jugo: 3.800
- Empanada de Mariscos: 6.500
- Filete a la Pimienta: 17.400
- Papas Mapuche: 2.400
- Congrio Salteado: 12.000
- Agua sin Gas: 4.200
- Torta de la Abuela: 4.500
SUBTOTAL: 53.800
- Gorjeta (11%): 6.200
TOTAL: $60.000 (algo em torno de R$300,00)


Baco Vino y Bistro

Descobri o restaurante Baco Vino y Bistro pelo blog Nós no Chile, onde foi muito bem recomendado pela Rosi Guimarães.

O estabelecimento não possui site oficial, o que dificulta um pouco obter informações corretas, mas fica localizado na rua denominada Nueva de Lyon, n° 105, na região de Providencia. Conforme a postagem do Nós no Chile sobre o restaurante, o horário de funcionamento é de segunda a sábado de 12:00 à 01:00 e domingo de 12:30 à 00:00.

Recomendam também fazer reserva, o que não fizemos! Chegamos lá às 14:30 de uma segunda-feira. Contudo, mesmo com o restaurante lotado, ainda conseguimos uma mesa perto do bar sem esperar nada. Achei o ambiente descontraído e fomos muito bem atendidas. A culinária é basicamente francesa.

"Turistas, estamos en Chile, los invitamos a practicar su Español". Adorei e acho justo! Placa no restaurante Baco.

Ambiente interno do restaurante Baco Vino y Bistro, em Santiago.


De prato principal, pedi um "Strogonoff" acompanhado de arroz e mami pediu um "Medallón de Filete" acompanhado de molho bearnaise e batatas fritas. Para beber, pedi um suco de laranja (delicioso) e mami pediu uma água de côco. E de sobremesa, é claro que escolhi um "Crème Brûlée", que tanto amo!

"Strogonoff" acompanhado de arroz, do restaurante Baco Vino y Bistro.

"Medallón de Filete" acompanhado de molho bearnaise e batatas fritas, do restaurante Baco Vino y Bistro.

De sobremesa, dividimos um delicioso "Crème brûlée"! Ótimo almoço no restaurante Baco Vino y Bistro.


A comida estava sensacional por um preço que achei ótimo, sem contar que o restaurante não cobra o serviço (e olha que tentei deixar gorjeta mas o gerente não aceitou!). Definitivamente, recomendo demais este restaurante!

Abaixo, a descrição detalhada da nossa conta no Baco Vino y Bistro:

- Strogonoff: 8.900
- Medallón de Filete: 11.600
- Suco de laranja: 2.800
- Água de côco: 2.800
- Crème brûlée: 4.200
TOTAL: $30.300 (algo em torno de R$150,00)


Como Agua para Chocolate

O restaurante Como Agua para Chocolate (que não tem qualquer conexão com o filme de mesmo nome) fica no antigo e boêmio bairro de Santiago denominado Bellavista. Aqui estão vários bares e restaurantes, para todos os estilos e bolsos, inclusive é onde fica o shopping Patio Bellavista, um local bem bacana que também possui restaurantes, bares e lanchonetes, além de espaços culturais e lojas vendendo artigos típicos do Chile. Um centro comercial bem voltado aos turistas.

Informação Importante: O estabelecimento está localizado na rua denominada Constitución, nº 88, Bairro Bellavista. Seu horário de funcionamento é de segunda a domingo, no almoço de 12:30 às 16:30, e no jantar de 19:00 às 00:00. Além do mais, é possível efetuar reserva de mesa pelo próprio site do restaurante. (atualizado em 2018)

Dica: Devido à sua popularidade entre os turistas, resolvi efetuar a reserva de mesa para o almoço às 12:30, de uma sexta-feira, diretamente no site do restaurante.

O restaurante Como Agua para Chocolate tem uma bela decoração, tornando o ambiente bastante agradável. Como era de se esperar, muitos turistas, sendo a maioria brasileiros.

Fachada do restaurante Como Agua para Chocolate, no bairro Bellavista, em Santiago.

Ambiente interno do restaurante Como Agua para Chocolate, no bairro Bellavista, em Santiago.


De cortesia, são servidos pãezinhos com um molho pesto muito saboroso. De prato principal, escolhi o "Congrio Almendrado", peixe congrio gratinado com amêndoas e creme de espinafre. Essa dica peguei do ótimo blog Viajar pelo Mundo!, da Claudia Liechavicius. Minha mãe pediu o "Pollo Sabroso del Himalaya", filés de peito de frango com molho curry acompanhado de arroz.

Para finalizar a nossa experiência gastronômica, resolvi pedir a tradicional e famosa sobremesa chilena denominada "Torta de Tres Leches".

Pãezinhos com molho pesto servidos como cortesia no restaurante Como Agua para Chocolate.

"Congrio Almendrado", peixe congrio gratinado com amêndoas e creme de espinafre, no Como Agua para Chocolate.

"Pollo Sabroso del Himalaya", filés de peito de frango com molho curry e arroz, no Como Agua para Chocolate.

De sobremesa, a tradicional "Torta de Tres Leches", do restaurante Como Agua para Chocolate.


A comida estava divina! Só posso dizer que foi o melhor congrio que comi nesta viagem! Só de lembrar deste prato enquanto escrevo já começo a salivar! O creme de espinafre harmonizou perfeitamente com o peixe gratinado com amêndoas. Mais uma dica especial!

Com relação à tradicional "Torta de Tres Leches", a porção é bem generosa, podendo servir até três pessoas. Contudo, sendo bastante sincera, achei extremamente doce e não agradou meu paladar. Talvez agrade as formiguinhas de plantão!

Abaixo, a descrição detalhada da nossa conta no restaurante Como Agua para Chocolate:

- Sucos: 2 x 2.800 = 5.600
- Congrio Almendrado: 12.900
- Pollo sabroso del Himalaya: 11.900
- Torta de Tres Leches: 8.900
SUBTOTAL: 39.300
- Gorjeta (10%): 4.000
TOTAL: $43.300 (aproximadamente R$220,00)


Mestizo

O restaurante Mestizo está localizado no Parque Bicentenário, na região de Vitacura, considerada uma das melhores regiões de Santiago para se viver, por oferecer uma ótima qualidade de vida, incluindo melhor moradia, segurança, infraestrutura, meios de transporte, etc.

Informação Importante: O estabelecimento está localizado na Avenida Bicentenario, n° 4050, Vitacura. No site oficial, não há informação sobre o horário de funcionamento, mas pelos horários disponíveis para reserva, o restaurante abre diariamente começando o almoço às 12:30 e o jantar às 19:30, com exceção de domingo que o jantar inicia às 20:00. Além do mais, é possível efetuar reserva de mesa pelo próprio site do restaurante. (atualizado em 2018)

Dica: Por conta da alta popularidade do restaurante Mestizo, não só entre os turistas mas também entre os moradores da região, é recomendável reservar uma mesa com antecedência, o que pode ser feito diretamente no seu site. E foi o que fiz! Reservei uma mesa para o almoço às 12:30 de um domingo.

Restaurante Mestizo visto a partir de uma área mais alta do Parque Bicentenário, em Santiago.

Badalado restaurante Mestizo, em Santiago.


O restaurante Mestizo possui área interna e externa. Contudo, o atendente não nos deu opção de escolher onde queríamos sentar e nos levou para uma mesa no ambiente interno, o que achei bastante apropriado, pois, apesar do belo dia de sol, o tempo ainda estava frio e com muito vento.

O local é bem bonito, com decoração moderna e ambiente descolado (até o banheiro é estiloso). Sem falar que a seleção musical estava ótima!

Área interna do restaurante Mestizo, em Santiago.

Área externa do restaurante Mestizo, em Santiago.

Achei o lavabo do restaurante Mestizo interessante e resolvi tirar foto!.


Para a minha decepção, o nosso atendente nos informou que era dia de eleições em Santiago e que, por conta disso, bebidas alcoólicas não podiam ser vendidas. Uma pena... pois estava louca para beber um "pisco sour", o tradicional drink chileno. Tive que me contentar com suco mesmo!

De cortesia, são servidos pãezinhos acompanhados de um molho bem gostoso.

De prato principal, mami pediu um "Ragú de Asado de Tira" acompanhado de nhoque e eu pedi um "Raviolón de Centolla". A "centolla" é um caranguejo gigante bem típico no Chile, e dizem ser caro também!

De sobremesa, pedimos um "Volcán de Chocolate" (vulgo petit gateau!) para dividir e mami finalizou com um café expresso.

De cortesia, são servidos pãezinhos e molho, no restaurante Mestizo, em Santiago.

"Raviolón de Centolla", do restaurante Mestizo. A "centolla" é um caranguejo gigante bem típico no Chile.

"Ragú de Asado de Tira" acompanhado de nhoque, do restaurante Mestizo.

De sobremesa, "Volcán de Chocolate", do restaurante Mestizo.

E para finalizar nossa experiência no restaurante Mestizo, um café expresso.


Ambos os pratos estavam muito saborosos. Apesar de eu não ser muito fã de frutos do mar em geral, achei o sabor da centolla bem suave, harmonizando perfeitamente com o molho de manteiga, limão e alcaparras.

Nossa experiência até então estava perfeita. Entretanto, como o restaurante já estava lotado, o atendimento caiu drasticamente de qualidade. Demorou uns 30 minutos para conseguirmos pedir a conta e mais uns 30 minutos para conseguirmos pagar!

Apesar deste contratempo final, recomendo sim o restaurante, mas talvez seja melhor ir em um dia diferente de domingo...

Abaixo, a descrição detalhada da nossa conta no restaurante Mestizo:

- Ragú de Asado de Tira: 11.400
- Raviolón de Centolla: 12.900
- Suco natural: 2.900
- Limonada: 2.900
- Volcán de Chocolate: 4.500
- Café expresso: 1.700
SUBTOTAL: 36.300
- Gorjeta (10%): 3.700
TOTAL: $40.000 (aproximadamente R$210,00)


Pizzaria Tiramisú

A Pizzaria Tiramisú fica localizada na região de Las Condes, considerada também uma das melhores regiões para se viver em Santiago, com uma ótima qualidade de vida, assim como a região vizinha de Vitacura.

Informação Importante: O estabelecimento está localizado na badalada Avenida Isidora Goyenechea, n° 3141, Las Condes. Funciona todos os dias, inclusive feriados, no almoço de 12:45 às 16:00, e no jantar de 19:00 às 00:00. (atualizado em 2018)

Fomos à pizzaria em uma quarta-feira à noite. Chegamos ao local às 19:15 e já fomos constatando que realmente a pizzaria é bastante badalada, pois logo ficou cheia. O ambiente é rústico e agradável.

Pedimos apenas uma pizza sabor Putanesca. Além disso, aproveitei para saborear um "pisco sour", drink típico do Chile.

Fachada da Pizzaria Tiramisú, em Santiago.

Um dos ambientes internos da Pizzaria Tiramisú, em Santiago.

"Pisco sour", tradicional drink chileno, da Pizzaria Tiramisú.

Pizza sabor Putanesca, da Pizzaria Tiramisú, em Santiago.


A pizza serve muito bem duas pessoas e estava deliciosa. Recomendo!

Abaixo, o detalhamento da nossa conta na Pizzaria Tiramisú:

- Água sem gás: 2 x 2.000 = 4.000
- Pisco sour: 3.200
- Pizza Puttanesca: 6.900
SUBTOTAL: 14.100
- Gorjeta (10%): 1.400
TOTAL: $15.500 (algo em torno de R$80,00)


Ocean Pacific's Buque Madre

O Ocean Pacific's é um restaurante temático e possui três unidades em Santiago: Buque Madre, Esmeralda e Destructor. O tema envolve tudo referente à navegação (por isso as unidades levam nomes de embarcações), tornando o restaurante um verdadeiro museu marítimo! Escolhi almoçar na unidade Ocean Pacific's Buque Madre, por ser a maior e mais tradicional das três.

Informação Importante: O estabelecimento está localizado na Avenida Ricardo Cumming, nº 221, região central de Santiago. Funciona diariamente a partir das 12:00 e seu horário de fechamento é às 23:00 aos domingos e feriados, 23:30 de segunda à quinta e 00:30 sexta, sábado e véspera de feriado. Além do mais, é possível efetuar reserva de mesa pelo próprio site do restaurante. (atualizado em 2018)

Fomos ao restaurante em uma quinta-feira para almoçar (sem reserva). Chegamos às 12:30 e o local ainda estava vazio. Contudo, como é um restaurante bastante procurado, é interessante reservar uma mesa com antecedência para os dias e horários mais agitados.

O restaurante Ocean Pacific's Buque Madre é bem grande e possui diferentes ambientes, cada um intensamente decorado com itens que remetem ao fundo do mar e a embarcações.

Um dos ambientes internos do restaurante Ocean Pacific's Buque Madre.

Detalhes da decoração do restaurante temático Ocean Pacific's Buque Madre.


De entrada, como cortesia, são servidos pães e molhos. Não satisfeita, resolvi pedir ainda uma porção de camarões empanados, que estavam deliciosos! Pena que esqueci de tirar foto...

O prato mais famoso daqui é a "centolla", um caranguejo gigante típico no Chile. Porém, como já havia experimentado no restaurante Mestizo, e minha mãe não estava a fim de dividir uma centolla comigo, desta vez fui de peixe mesmo! Então, de prato principal, pedi um congrio grelhado e mami pediu um filé mignon. Os acompanhamentos são escolhidos e cobrados à parte. Pedimos arroz e batatas ao creme. Acabou sendo um exagero!

De entrada, são servidos pães e molhos, como cortesia do restaurante Ocean Pacific's Buque Madre.

Congrio grelhado do Ocean Pacific's Buque Madre.

Filé mignon e arroz do Ocean Pacific's Buque Madre.

Batatas ao creme do Ocean Pacific's Buque Madre.


A comida estava saborosa, mas não achei nada sensacional. Valeu a experiência mais pelo ambiente.

Abaixo, a descrição detalhada da nossa conta no restaurante Ocean Pacific's Buque Madre:

- Sucos: 2 x 3.450 = 6.900
- Camarões empanados: 7.450
- Filé mignon grelhado: 9.800
- Arroz: 1.950
- Congrio grelhado: 8.200
- Batatas ao creme: 3.450
SUBTOTAL: 37.750
- Gorjeta (10%): 3.780
TOTAL: $41.530 (aproximadamente R$213,00)


Antes de sair do restaurante, visitamos alguns de seus outros ambientes, onde vários itens marítimos são expostos, tal como em um museu.

Um pouco mais do ambiente interno do restaurante temático Ocean Pacific's Buque Madre.

Itens decorativos do restaurante temático Ocean Pacific's Buque Madre.


E estes foram os seis restaurantes do nosso tour gastronômico em Santiago! É claro que comemos em outros estabelecimentos, mas que não mereceram entrar nessa lista!

Abaixo, um mapa com a localização dos restaurantes listados:




Você já foi em algum desses restaurantes? O que achou? Qual restaurante é o seu favorito em Santiago? Compartilha sua experiência comigo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...